De acordo com o site The Verge, o firewall que controla o tráfego da internet em toda a China está interceptando o módulo de Javascript da página de login do Facebook, redirecionando os visitantes para dois sites que não têm nada a ver com a rede social de Mark Zuckerberg.

O problema está acontecendo desde 26 de abril, e o Facebook diz que isso ocorre somente na China, bem além dos limites dos seus servidores.

O código é interceptado na infraestrutura de telecomunicações do país e, por isso, somente usuários locais estão sendo afetados. Ainda de acordo com o The Verge, o ataque pode ser evitado desabilitando o JavaScript no navegador.

Assim, qualquer site que contenha o botão de login do Facebook faz com que usuários sejam redirecionados para o wpkg.org, um projeto de software de código fonte aberto, ou o ptraveler.com, um blog pessoal de viagem. Não se sabe as razões do governo chinês para que o tráfego seja desviado para essas páginas. Oficialmente, o Facebook é bloqueado na China, apesar de as restrições terem sido afrouxadas nos últimos anos.

Não é a primeira vez que a China usa seu firewall nacional para redirecionar os usuários. Em março, os visitantes do Baidu, o mais popular mecanismo chinês de buscas, tinham sido usados para atacar o site GitHub. O grupo de pesquisa Citizen Lab chama isso de O Grande Canhão, em alusão à Grande Muralha da China.

Cupons de desconto TecMundo: