Subway: no alvo dos hackers (Fonte da imagem: Reprodução/Juametro)

Um elaborado esquema de ataque hacker foi descoberto nos Estados Unidos tendo a rede de lanchonetes Subway como alvo. O caso foi descoberto depois que documentos divulgados pela justiça americana foram revelados, indicando uma fraude eletrônica que rendeu 40 mil dólares a dois homens da Califórnia.

De acordo com as informações, Shahin Abdollahi e Jeffrey Thomas Wilkinson acessaram remotamente os sistemas de ponto de venda de pelo menos 13 restaurantes Subway, usando-os para carregar dinheiro em cartões-presentes (gift cards) da cadeia de lanchonetes.

Porém, segundo os documentos Abdollahi e Wilkinson não invadiram o sistema, e sim implantaram uma solução comercial fraudulenta que eles venderam para algumas das franquias do Subway, na Califórnia.

Experiência e venda

O esquema consistia em instalar um aplicativo remoto para desktop nos computadores dos restaurantes que, então, era usado para carregar os cartões falsos. Depois da ação, os acusados vendiam os cartões no eBay e no Craiglist.

A acusação também afirmou que Abdollahi já foi dono de uma ou mais franquias do Subway no sul da Califórnia, quando ganhou experiência com os sistemas de vendas e cartões-presentes da cadeia de restaurantes.

Foi depois disso que Wilkinson e Abdollahi fundaram a empresa POS Doctor. O caso foi revelado por representantes do Serviço Secreto dos Estados Unidos (USSS). Esse é o segundo caso de fraude envolvendo o Subway: em 2011, hackers roubaram 3 milhões de dólares da empresa.

Cupons de desconto TecMundo: