(Fonte da imagem: Reprodução/the Fielder)

Hackers promoveram um gigante ataque “silencioso” em modems DSL do Brasil, atingindo nada menos que 4,5 milhões de dispositivos até março deste ano. Através de uma postagem no blog oficial da Kaspersky, tornou-se público o fato de que os malfeitores se aproveitam de vulnerabilidades antigas do sistema desde 2011.

Dessa maneira, os hackers abrem espaços para a infiltração através de uma falha no firmware de um chipset da Broadcom. Assim, os softwares maliciosos instalados levam as pessoas para sites mentirosos, nos quais os usuários acabam por revelar dados bancários e pessoais.

Fábio Assolini, especialista em segurança dos laboratórios da Kaspersky, acredita que houve uma perfeita combinação de fatores para que o ataque acontecesse. Entretanto, Assolini não descarta a omissão dos fabricantes, governo, provedores e desconhecimento tecnológico por parte das pessoas que usam a internet como motivos que também propiciaram o ataque.

Apesar de alguns fabricantes terem liberado atualizações para corrigir a falha que expôs milhões de pessoas, milhares de modems continuam danificados.

O especialista da Kaspersky também revelou uma informação bombástica: nem os maiores provedores de internet escaparam da ação e, em alguns casos, 50% da base de usuários ficou comprometida. Entre as empresas afetadas, estão a OI, Net, Telefônica e GVT.

Fonte: Exame

Cupons de desconto TecMundo: