(Fonte da imagem: Reprodução/Perfil do LulzSec no Twitter)

Na Inglaterra, um caso tem chamado a atenção dos apaixonados por tecnologia e também de todos os envolvidos com a ideologia Anonymous ou o grupo LulzSec. Um hacker identificado como Ryan Ackroyd está sendo acusado de ter invadido uma série de sites governamentais britânicos e norte-americanos – o que inclui a CIA (EUA), a Agência Britânica contra o Crime Organizado e o sistema do Serviço Nacional de Saúde (ING).

Além de Ackroyd (de 25 anos), há mais três supostos hackers que estão enfrentando as mesmas acusações: Jake Davis (18), Ryan Rleary (19) e um menor de idade. Segundo o departamento de justiça britânico, os quatro estariam envolvidos em ataques DoS (Negação de Serviço) nos sites, sendo também responsáveis pela queda de servidores de várias empresas utilizando computadores-zumbis.

Outros ataques que estão sendo atribuídos ao grupo envolvem o site da empresa japonesa Sony, da desenvolvedora americana Bethesda e também do jornal inglês “The Sun”. Os hackers estão em liberdade condicional até o início de maio, quando a sentença judicial será anunciada. Até lá, Ryan Ackroyd está proibido de acessar a internet em qualquer tipo de dispositivo.

Cupons de desconto TecMundo: