(Fonte da imagem: Divulgação/Anonymous)

A semana começou com novos ataques de hackers a sites nacionais. Depois dos bancos, chegou a vez de páginas governamentais entrarem na lista dos ativistas virtuais. Nesta segunda-feira, por exemplo, os sites de diversos serviços do estado da Bahia ficaram fora do ar, incluindo a página do Governo, da Secretaria de Segurança Pública e da Assembleia Legislativa.

O curioso é que não foi apenas um grupo que assumiu a autoria dos ataques, mas três: AntiSecBRTeam, iParatesGroup e o AnonBRNews, o braço brasileiro do Anonymous. Segundo eles, os “atentados” foram feitos como uma forma de apoiar a greve da Polícia Militar.

Em sua página oficial no Facebook, o Anonymous Brasil confirmou a ação e defendeu a causa dos oficiais baianos. “Lutem por salários mais justos! Lutem pelos seus direitos! TANGO DOWN em TODOS os sites *.ba.gov.br em solidariedade ao trabalhador Baiano!”, afirma a mensagem enviada no início desta tarde.

Porto Alegre também vira alvo

No entanto, não foram apenas as páginas nordestinas que ficaram fora do ar. Na tarde do último domingo, o site da Prefeitura de Porto Alegre ficou inacessível após o grupo Infinity Hackers derrubá-lo como forma de protesto ao aumento de tarifa de ônibus de R$ 2,70 para R$ 2,85.

Os serviços foram reestabelecidos na noite de ontem.

Cupons de desconto TecMundo: