Na última terça-feira (18), um hacker conhecido como Revolver (ou 1x0123) publicou em sua conta do Twitter algo alarmante para quem participa do site adulto Adult FriendFinder. Segundo a postagem que já foi removida, o hacker invadiu a página e teve acesso ao servidor do site – que possui nada menos que 73 milhões de pessoas registradas.

As capturas de tela divulgadas não provam por si só que o site foi realmente comprometido, mas outro hacker de boa reputação conhecido como Peace revelou ao site Motherboard que, na semana passada, ele mesmo tinha invadido o Adult FriendFinder e fornecido informações para outros hackers, incluindo Revolver.

Esta não é a primeira vez que a página adulta, que se intitula como “a maior comunidade de sexo e swinger do mundo”, enfrenta problemas de segurança. Em 2015, o serviço teve a sua base de dados roubada e colocada à venda por 70 Bitcoins (cerca de US $16.700 na época). Dan Tentler, pesquisador da startup Phobos Group, analisou os dados divulgados pelos hackers e disse que o novo ataque à página parece ser legítimo.

Ontem (19), um porta-voz da FriendFinder disse que a companhia estava ciente do problema. “Nós estamos investigando para determinar a validade das denúncias. Se confirmarmos que um incidente de segurança de fato ocorreu, nós vamos trabalhar para resolver os problemas e notificar qualquer cliente que possa ter sido afetado”.

Cupons de desconto TecMundo: