Um dos tipos de golpe mais famosos do Brasil é aquele envolvendo algo pontual, como um evento, uma celebridade ou uma empresa. E é um desses exemplos de fraude virtual que tem se propagado atualmente, segundo a empresa de segurança ESET.

O tal crime usa falsos cupons de desconto do Burger King para atrair vítimas. A tal promoção traz descontos de R$ 50, mas o objetivo real é inscrever as vítimas em diferentes serviços pagos de mensagens. O WhatsApp é o meio de disseminação dessa nova malandragem — e o recado vem de um contato ou grupo que você possui, pedindo para que você participe de uma pesquisa e compartilhe o conteúdo.

Ao clicar no link falso, você responde a um questionário que serve só para você se distrair ou acreditar no golpe. Em seguida, uma mensagem avisa que você perdeu o voucher, mas antes você acaba aceitando os termos de serviço e virando vítima.

Um exemplo das telas do golpe.

Prata de casa

Identificada primeiro no Brasil, a campanha falsa também foi detectada em países de língua italiana, espanhol, inglês e alemão. Um diferencial desse golpe do Burger King é que os cibercriminosos acrescentaram uma linha de código que não permite que buscadores indexerm o conteúdo falso nos resultados, dificultando a identificação do golpe por esses canais.

Como escapar

Para ajudar os usuários, a ESET listou cinco dicas de como evitar cair em golpes como esse:

  • Não clique em links estranhos ou suspeitos enviados por meio de mensagens de texto, WhatsApp ou outros apps.
  • Nunca forneça informações pessoais a fontes não confiáveis
  • Não instale aplicações de locais suspeitos.
  • Não compartilhe mensagens suspeitas com outros.
  • Use uma solução de segurança para bloquear apps e sites maliciosos

Cupons de desconto TecMundo: