Apesar de o cerco estar se fechando cada vez mais para cima dos criminosos digitais que resolvem vazar nudes de celebridades na internet – principalmente após os casos envolvendo Jennifer Lawrence, nos EUA, e Carolina Dieckmann, no Brasil –, alguns hackers continuam ousados. O caso mais recente relacionado ao tema envolve ainda um assunto atualmente bem delicado no país: política. Isso porque um homem, de 31 anos, é acusado de invadir o celular de Marcela Temer e ameaçar liberar três fotos íntimas dela.

Toda a história teria se desenrolado há cerca de 30 dias, quando o suspeito teria conseguido quebrar a senha de um serviço online utilizado pela esposa de Michel Temer. Com acesso à conta, além de poder visualizar arquivos diversos do armazenamento na web, ele supostamente teria invadido o smartphone da atual primeira-dama e baixado suas fotografias pessoais.

Valter Bittencourt, advogado do acusado, disse que seu cliente não fez nenhum tipo de ameaça nem sabia que se tratava de Marcela Temer, e que, sendo assim, deveria ser enquadrado apenas em estelionato

De posse desse conteúdo, a polícia diz que ele entrou em contato e tentou extorquir a vítima, pedindo dinheiro para não fazer o vazamento. Segundo a matéria publicada pela Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (12), o hacker – que exerce a profissão de telhadista – foi incentivado pela mulher e pela cunhada a cometer o crime. Assim, depois das investigações, o trio foi preso na última quarta-feira (11) em uma casa no bairro de São João Clímaco, na Zona Sul de São Paulo.

Falando ao jornal, Valter Bittencourt, advogado do acusado, disse que seu cliente não fez nenhum tipo de ameaça nem sabia que se tratava de Marcela Temer, e que, sendo assim, deveria ser enquadrado apenas em estelionato. “Ele nunca se meteu com isso, apenas viu uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil e não percebeu que era a mulher de um homem importante”, explicou à Folha. E aí, será que faz diferença para a Justiça – ou para a vítima – o fato de o hacker não saber quem tentava extorquir?  

A Justiça deveria ser mais severa com quem ameaça vazar fotos íntimas de terceiros na internet? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: