A Terra em breve será "atingida" por um pedaço de lixo espacial de origem desconhecida e que, até pouco tempo atrás, permanecia oculta no espaço. Não, o impacto não será uma catástrofe para o nosso planeta, mas cientistas já estão curiosos e ansiosos pela chegada (ou seria retorno?) do visitante.

O pedaço de lixo espacial foi classificado como WT1190F — e até já virou piada, pois a combinação de letras do nome gera uma expressão bem conhecida de dúvida em inglês. Ele foi detectado por um telescópio pela primeira vez em outubro deste ano, tem de 1 a 2 metros de comprimento e é aparentemente oco.

São vários fatores curiosos sobre o objeto. Para começar, não se sabe qual é a origem dele: pedaços de satélites inativos, restos de missões espaciais ou painéis solares estão entre as possibilidades. Além disso, cálculos já estimam o local exato e o dia da queda. O evento deve acontecer a 65 km da costa ao sul do Sri Lanka no dia 13 de novembro, uma sexta-feira. É bem possível que ele se desintegre antes de atingir a nossa superfície terrestre, o que pode gerar uma bola de fogo visível na região.

O WT1190F viaja por uma órbita de forma elíptica acentuada, percorrendo o dobro da distância entre a Terra e a Lua. Ele foi descrito pelo astrofísico Jonathan McDowell, do Harvard–Smithsonian Center for Astrophysics, como "um pedaço perdido de história espacial que voltou para nos assombrar".

Como você acha que a poluição espacial pode afetar a Terra? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: