Todo mundo já deve ter visto carrinhos de brinquedo movidos a corda. Para que eles andem, é preciso tensionar uma mola no seu interior. Ao ser liberada, a força dela faz o carrinho se movimentar.

E se nós quisermos montar um brinquedo parecido com esses? A diferença é que o nosso será movido por uma turbina. Complicou? Não se preocupe. O processo é bem mais simples do que parece.

Materiais necessários

  • Palitos de churrasco;
  • Palitos de picolé;
  • 1 caneta esferográfica;
  • 1 cartolina;
  • 4 porcas de tamanho compatível com os palitos de churrasco;
  • 1 clipe de papel de tamanho grande;
  • Elásticos;
  • 1 espuma de piscina  do tipo “macarrão”;
  • Cola quente.

Também vamos precisar de um pedaço de papelão, algumas porcas ou arruelas pequenas, um pedaço de metal que sirva como gancho e alguns pedaços de fio de cobre.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Iniciando a montagem do carrinho

O primeiro passo é separar dois palitos de churrasco. Procure dois que sejam do mesmo tamanho e largura — isso é importante para manter o equilíbrio do conjunto. Posicione-os em paralelo e faça algumas marcas no corpo deles.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, vamos pegar os palitos de sorvete e cortar cinco pedaços de 5 centímetros cada. Em seguida, devemos colar os palitos de sorvete para unir os de churrasco. Devemos posicionar um em cada extremidade e o restante no meio. Cuide para manter o conjunto perfeitamente alinhado.

Depois que o primeiro conjunto secar, vamos prender as porcas na parte de baixo. Elas vão servir para segurar os eixos das rodas. Novamente, é preciso que elas fiquem perfeitamente paralelas.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Em seguida, cortamos mais dois palitos de churrasco, deixando cada um com 16 centímetros de comprimento. Esses itens devem ser posicionados e centralizados nas porcas. Para que eles não escapem, devemos fixar quatro arames na parte interna, rente às porcas.

As rodas do nosso carro serão feitas com o macarrão de espuma. Você pode utilizar um pedaço comum de espuma ou isopor para este propósito, mas o macarrão já tem o tamanho ideal. Tudo o que precisamos fazer é cortar as rodas mantendo 1,5 centímetro de largura. Para fixar os eixos nas rodas, vamos cortar mais alguns pedaços da espuma e preencher o vão das peças.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Para finalizar, fazemos um furo no centro das rodas com um palito de churrasco, aplicamos cola no centro e vamos prendê-las nos eixos. O corpo do carrinho já está pronto.

Montando a “turbina” de papel

Nossa turbina de papel precisa ser posicionada em algum lugar para que possa girar livremente e propulsionar o veículo. Vamos cortar uma tira de papelão e dobrá-la ao meio, de modo que ela possa ficar presa na parte de trás do carro em formato de V e inclinada para frente.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, desmontamos a caneta e colamos apenas o tubo vazio no centro do papelão previamente cortado. Para que o conjunto fique firme, colamos alguns pedaços de palitos de sorvete no interior do papelão, partindo da caneta até a borda, dos dois lados.

Para finalizar, devemos colar essa peça na parte de trás do carrinho. Veja que o cilindro da caneta fica inclinado para cima e para trás.

O clipe de papel deve ser desentortado e deixado o mais reto possível. Utilizando um alicate, desentortamos o arame com cuidado até que fique uniforme. Depois de fazer isso, dobramos somente a ponta do objeto, deixando um ângulo de aproximadamente 90 graus.

A cartolina vai ser a matéria-prima do cata-vento. Primeiro, cortamos um quadrado com 15 centímetros de lado. Depois, traçamos duas linhas pelas diagonais do objeto. Em seguida, marcamos aproximadamente 6 centímetros a partir da borda para dentro sobre essas linhas e cortamos.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, o quadrado deverá ter oito pontas. Vamos dobrar quatro delas, sempre uma sim e uma não, colando cada ponta no centro até que o objeto fique pronto.

O próximo passo é fazer um furo bem no meio do cata-vento. Podemos utilizar um prego para isso. Depois de furá-lo, passamos o clipe de papel por dentro e colamos a parte que foi previamente dobrada.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O cata-vento deverá ser posicionado dentro do cilindro da caneta que foi colado no papelão. Para evitar que tenha muito atrito no local onde os dois se encontram, podemos colocar algumas arruelas de metal ou porcas pequenas soltas na junção.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Em seguida, passamos o arame por dentro do tubo plástico e, na outra ponta, dobramos com um alicate para fazer um gancho. É importante se certificar de que o conjunto consiga girar livremente.

Agora, vamos prender um gancho de metal na frente do carro. Podemos utilizar qualquer objeto; no nosso caso, este anel de alumínio servirá perfeitamente. Pode ser necessário reforçar a parte da frente do carrinho para que tudo fique firme.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Então, é só prender o elástico na parte da frente e no gancho. Ao girar a hélice com a mão, estamos “dando corda” no carrinho. Ao soltar, ela deverá girar com muita força, propulsionando o veículo para frente.

Cupons de desconto TecMundo: