Velho conhecido dos veteranos do Windows Phone, queridinho do público que entrou em contato com o app posteriormente – depois que foi portado para uma infinidade de plataformas – e atual menina dos olhos de gigantes de diversos setores, o Here Maps pode finalmente ir para um novo lar. Novos rumores da indústria indicam que a Nokia bateu o martelo e realmente pode deixar que um de seus produtos mais estimados vá para as mãos de um consórcio de montadoras alemãs – tudo graças a um contrato com muitos zeros, claro.

Segundo uma fonte do Wall Street Journal, o trio formado por Audi, BMW e Daimler AG – dona da Mercedes-Benz – pode acabar arrematando o software por um valor bem abaixo do pedido inicialmente pela companhia finlandesa (US$ 4 bilhões) e menor do que o que foi oferecido pela Uber em maio (US$ 3 bilhões). Ainda que os números não estejam confirmados oficialmente, estima-se que a compra sairá por cerca de US$ 2,71 bilhões, algo como R$ 8,55 bilhões em uma conversão direta das moedas.

A mesma pessoa disse ainda à publicação que as fabricantes automotivas querem mantem o serviço gratuito, permitindo que a plataforma possa concorrer com as soluções de outras empresas no segmento de mapas e rotas – tendo uma alternativa a produtos como Google Maps, TomTom e aplicativos similares. Com isso em mente, a ideia parece ser convidar outras montadoras a comprar sua participação no negócio, permitindo que o Here Maps possa se tornar a plataforma-padrão de localização no sistema de seus veículos.

Tudo indica que a aquisição do software pode ter um papel importante tanto nos projetos de carros autônomos dessas empresas como em iniciativas voltadas para a tecnologia de segurança automobilística. A esperança é que o contrato seja fechado nos próximos dias e mais informações sobre o futuro do Here Maps sejam reveladas.

Acha que o Here Maps vai sofrer mudanças após ser vendido pela Nokia? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: