Na última terça-feira (28), a Justiça de São Paulo determinou que o aplicativo de motoristas Uber deve interromper suas atividades em todo o território nacional. Caso não obedeçam à ordem, os administradores do sistema vão ter que pagar multa diária de R$ 100 mil — a decisão é resultado de um processo movido pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi no Estado de São Paulo (Simtetaxi).

A companhia responsável pelo serviço tem três dias após a notificação oficial (que deve acontecer hoje) para acatar a decisão. Contatada pela Folha de S. Paulo, a empresa afirmou que deve realizar um pronunciamento oficial sobre o caso na tarde desta quarta-feira.

A determinação do juiz Roberto Luiz Corcioli Filho, da 12ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, também obriga a Apple, Google, Microsoft e Samsung a retirar o aplicativo de seus serviços. Para completar, essas empresas devem apagar remotamente o software dos aparelhos eletrônicos nos quais ele já está instalado.

Cupons de desconto TecMundo: