(Fonte da imagem: Reprodução/Google Play Store)

Atualmente, o WhatsApp (clique aqui para baixar para Android ou iPhone) é o maior serviço de mensagens por IP utilizado por smartphones — o sucesso é tanto que ele já causou até mesmo a diminuição do volume de SMSs nos Estados Unidos. Mas um concorrente pretende causar dores de cabeça para os desenvolvedores do WhatsApp. Estamos falando do Kik Messenger, que chega à sexta versão com recursos inéditos entre os serviços similares.

O principal foco do Kik Messenger (disponível para iOS e Android) está na possibilidade de ir além das mensagens de texto. Enquanto o WhatsApp é um serviço de SMS e MMS por IP, o Kik quer permitir que os usuários enviem mensagens até mesmo com vídeos do YouTube anexados. Seria muito mais parecido com um mensageiro instantâneo para celulares do que um serviço de mensagens por celular.

Outra aposta do Kik Messenger está na não exigência dos números de celulares, o que contribui bastante para manter a privacidade dos usuários. Exigindo apenas um nome de contato, o aplicativo permite que usuários conversem mesmo que não tenham trocado telefones — o que deixa mais natural o processo de “adicionar amigos”. Segundo os desenvolvedores, o Kik já possui 30 milhões de usuários.

Cupons de desconto TecMundo: