Se você costuma baixar aplicativos que dão uma "ajuda" na hora que você precisa de uma mãozinha, melhor ficar ligado: diversos aplicativos falsos, principalmente utilizando imagens de grandes sites de pornografia, estão disponíveis para download. No caso, segundo a ESET, são aplicativos falsos do Pornhub que estão infectando vários aparelhos Android.

É preciso notar um ponto: a Google Play, loja de apps do Android, proíbe que desenvolvedores coloquem aplicações pornográficas para download. Então, os usuários que buscam esse tipo de aplicação precisam ir atrás de outras fontes.

Um desses apps instala um ransomware no smartphone

Outro ponto? O Pornhub possui sim um aplicativo oficial — e, talvez, muitos não saibam disso. Você pode conseguir o app clicando aqui.

Segundo a ESET, os apps falsos utilizam um vetor PDF para instalar malware nos dispositivos. Como eles ficam fora da Google Play, o usuário pode ser enganado de maneira mais fácil.

A empresa de segurança nota que, assim que o download é realizado, o usuário não consegue assistir vídeos — apenas uma mensagem de "erro" é apresentada. Um desses apps maliciosos encontrados é mais potente: ele instala um ransomware no smartphone, sequestra os arquivos e perde US$ 100 em Bitcoins para liberar o acesso.

Para ficar longe desses aplicativos maliciosos, a ESET reforçou a dica antiga: não faça downloads de apps foram da Google Play. Caso você tenha sido infectado, dê um pulo em nossa página que aborda assuntos de segurança para encontrar uma solução.

App falso

O problema é da Google?

  • Há uma questão importante aqui: a Google tem culpa neste caso?

Veja bem: a internet é recheada de pornografia. Obviamente, milhares de usuários gostariam de instalar apps XXX de maneira segura no smartphone, porém, com o banimento dessas aplicações, os usuários acabam ficando expostos aos malwares e ransomwares. Será que a Google não poderia encontrar um meio termo? Se você tiver uma resposta para isso, deixa a sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: