A Mission Motors, startup norte-americana que estava criando uma moto esportiva elétrica, encerrou suas atividades após perder seus principais talentos para ninguém menos que a Apple.

Seis engenheiros da companhia foram recrutados pela gigante da tecnologia desde o segundo trimestre de 2015, o que, segundo o então CEO da Mission, Derek Kaufman, foi fatal para o desenvolvimento do projeto. Outras empresas, como a produtora de baterias para carros elétricos A123 Systems, passou por problemas parecidos, chegando a processar a Apple por recrutar seus principais engenheiros.

Na ocasião, o CEO da A123, Jason Forcier, disse que, por sorte, a empresa conseguiu absorver o impacto das perdas dos profissionais, mas uma startup poderia não ter a mesma sorte – no final das contas, o executivo acertou em cheio.

"A Mission tinha um grupo excelente de engenheiros, especificamente aqueles com expertise na área elétrica. A Apple sabia disso – e queria isso, então ela foi lá e pegou", explicou Kaufman.

Uma empresa criada para efetuar a venda das motocicletas, a Mission Motorcycles, está no meio do processo para dar entrada em um pedido de falência. As ações das duas empresas agora são controladas pelo investidor majoritário – no caso, a Infield Capital.

Por que faz isso, Apple?

A Mission Motors, criada em 2007, lançou o protótipo Mission RS em 2013, e ele foi visto como extremamente promissor. No entanto, o desenvolvimento de um veículo assim é caro, e a empresa estava frequentemente em situações financeiras mais delicadas. Com a saída dos principais talentos da empresa, alguns investidores cessaram o apoio e, assim, nenhuma moto chegou a ser vendida.

A Apple, por sua vez, pode estar trabalhando em um veículo elétrico – um processo que, segundo rumores, já está sendo conduzido há alguns meses. Batizado de "Project Titan", é especulado que o projeto envolva também ex-colaboradores de empresas como Tesla, Ford, GM, Samsung e alguns outros.

Segundo Kaufman, a Apple nunca esteve interessada na compra da própria Mission Motors, mas queria especificamente os funcionários envolvidos na parte de sistemas elétricos de condução e algoritmos de baterias para recarregamento e resfriamento.

Cupons de desconto TecMundo: