A Metaio é uma das empresas de realidade aumentada mais sólidas da atualidade. Nascida em 2003, a companhia se desenvolveu rapidamente ao trabalhar com marcas de renome como Volkswagen e Ferrari. No portfólio da firma, também há projetos históricos e educativos de excelente qualidade.

Ontem (28), uma notícia pegou muitas pessoas de surpresa: a Metaio foi comprada pela Apple.

Embora haja um documento que mostre que a transferência ocorreu entre os dias 21 e 22 de maio, a Metaio já mostrava alguns sinais de que havia uma negociação em andamento, tanto que cancelou uma conferência importante em San Francisco no início do mês.

Sem explicações

O site Tech Crunch enviou um jornalista para o escritório da Metaio em San Francisco para tentar obter mais informações sobre a novidade, mas o profissional foi recebido por um funcionário nervoso que não quis colaborar e literalmente fechou a porta na cara do repórter.

Quando questionada a respeito da aquisição, a Apple simplesmente divulgou a resposta-padrão que sempre dá para esse tipo de situação: “A Apple compra pequenas empresas de tecnologia de tempos em tempos, e nós geralmente não discutimos nossos propósitos ou planos”.

Já circularam alguns rumores de que o iOS 9 poderá trazer alguns recursos relacionados a realidade aumentada, e a compra da Metaio é, sem dúvida nenhuma, um ótimo sinal de que a gigante de Cupertino realmente pode estar apostando algumas cartas nesse tipo de tecnologia que tem crescido bastante nos últimos anos.

Cupons de desconto TecMundo: