De acordo com o analista da KGI Securities, Ming-Chi Kuo, as vendas do novo MacBook Retina da Apple devem ter um começo bem lento. Segundo Kuo, vários fatores contam para isso, por exemplo(excluir) "o preço ser alto e o modelo vir com apenas uma conexão USB-C I/O, algo que pode criar problemas futuros na rede de fornecimento".

Kuo também comentou que as vendas não devem passar das 450 mil unidades até junho, quando a Apple realizará o WWDC. No evento, a Maçã provavelmente vai apresentar o sistema operacional OS 10.11.

Contudo, o analista acredita que o novo MacBook Retina vai ter mais espaço e demanda a longo prazo. "O notebook da Apple vai ajudar o mercado a focar no design leve e fino, com cases de metal, dobradiças, sistemas termais sem ventoinhas, portas USB Type-C e teclados mais finos", finalizou Kuo.

Se você ainda não conhece o novo MacBook Retina 12'' da Apple, acesse este link para ver todos os detalhes, fotos e vídeos.

Cupons de desconto TecMundo: