A Apple acaba de dar mais um passo em frente no mundo da ciência. A empresa de Cupertino anunciou a chegada de uma nova plataforma chamada ResearchKit, que vai ser totalmente integrada ao HealthKit. O objetivo disso é fazer com que pesquisadores de todo o mundo tenham acesso facilitado a informações dos usuários — de uma maneira muito mais globalizada e com uma amostragem maior do que é possível normalmente.

Por exemplo: um portador de mal de Parkinson pode utilizar um app de iPhone para enviar as informações de seu estado para o “Michael J. Fox Foundation for Parkinson’s Research” rapidamente e de qualquer lugar do mundo — o mesmo vale para qualquer outra condição ou doença. Depois os pesquisadores só precisam agregar todas as informações para chegar às conclusões possíveis.

A Apple afirma que o ResearchKit vai ser disponibilizado em código aberto para que qualquer desenvolvedor possa se aproveitar da plataforma. Ainda não se sabe se algum dia isso poderá ser usado em outros sistemas operacionais, mas é provável que a plataforma continue exclusiva da Apple por algum tempo.

Cupons de desconto TecMundo: