A questão da segurança em seus produtos sempre foi essencial para a Apple, se tornando ainda mais importante depois da introdução do Touch ID no iPhone 5S e do Apple Pay em sua nova linha de celulares, que conta com o iPhone 6 e iPhone 6 Plus. De acordo com Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, a jornada da empresa da Maçã para manter os dados de seus clientes seguros segue firme e forte. Ele afirma que a próxima geração de smartphones da companhia deve trazer uma versão atualizada do Touch ID, menos suscetível a erros.

Com um bom histórico de acertos em relação a projetos futuros da Apple, Kuo revelou até a data de uma possível versão 6S dos novos iPhone em conversa com investidores. “Achamos que o novo iPhone, com expectativa de ser lançado no terceiro trimestre de 2015, estará equipado com um módulo Touch ID atualizado. [...] Sendo assim, aumentaremos a nossa distribuição de módulos Touch ID para 2015 em 12,4% – para 262 milhões de unidades –, impulsionada por conta do Apple Pay e dos novos modelos de iPhone”, afirmou o analista.

Reprodução: KGI Research

Kuo calcula que o crescimento em relação ao ano passado seja de 77%, contanto que os fornecedores consigam dar conta de providenciar todo o material necessário para o investimento extra. Ele diz que essa versão mais nova do Touch ID vai exigir ainda mais precisão da fabricação e gravação dos módulos via laser. Isso põe de lado as chances de vermos o sensor digital ser integrado na tela do aparelho em breve, já que, segundo Kuo, isso exigiria pelo menos um display de cristal safira para minimizar risco e danos na região.

Já a previsão do analista para o novo iPhone, com data provável para chegar aos consumidores no terceiro trimestre desse ano, casa com o histórico de outros lançamentos da Apple durante o mês de setembro. Alguém aí já economizando para garantir a última versão do dispositivo? Com o preço do celular por estas bandas, talvez seja melhor comprar um cofrinho maior.

Cupons de desconto TecMundo: