Em um evento programado para anunciar os novos iPads, a Apple também aproveitou para revelar todos os detalhes de um computador muito interessante. Estamos falando do novo iMac com Retina Display, que chegará ao mercado acompanhado de uma tela que conta com a “maior quantidade de pixels do  mundo”. E este título não é por acaso: o aparelho possui 14,7 milhões de pixels.

Mas é claro que um computador dessa magnitude não pode ficar limitado ao display. Por isso, a Apple também revelou diversos detalhes sobre o que existe por trás da tela. Ou seja, o que há de mais importante no hardware deste computador de alto desempenho. Está curioso? Então confira agora mesmo o que a empresa de Cupertino separou para os consumidores de todo o mundo.

Tela de 27 polegadas e resolução estonteante

Imagine uma televisão HD comum, que possui resolução máxima de 1920x1080 pixels. A tela do iMac Retina Display possui nada menos do que sete vezes a quantidade de pixels dela, chegando aos 5120x2880 pixels (5K). Considerando o fato de que eles estão espalhados por 27 polegadas, podemos chegar à incrível densidade de 217 pixels por polegada — um monitor 4K de 22 polegadas oferece 200 ppp.

Como já dissemos anteriormente, essa relação dos 5120x2880 pixels resulta em um total de 14,7 milhões de pontos na tela — 67% a mais do que telas 4K. Como você pode imaginar, isso permite que as imagens sejam muito mais nítidas do que as encontradas em outros tipos de displays. E para quem está pensando no que existe por trás dessa altíssima qualidade, a Apple apresentou duas tecnologias bem interessantes.

A primeira delas é o processador Timing Controller, um chip independente que permite que a quantidade de dados que são levados até a tela seja aumentada em quatro vezes — o que é mais do que necessário para as altas resoluções do aparelho. A segunda tecnologia é um display TFT óxido, que garante melhores taxas de iluminação para os conteúdos exibidos no iMac.

Hardware de respeito

O que todos queriam saber era qual o processador que seria capaz de executar funções com qualidade na tela de 27 polegadas do iMac Retina Display. Pois a Apple revelou que ele será um Intel Core i5 quad-core, com clock de 3,5 GHz. A fabricante afirma que o chip apresentou excelentes resultados nos testes realizados até agora e promete que os consumidores ficarão plenamente satisfeitos.

Indo além, é preciso citar também o processador gráfico que faz parte do novo iMac. Há opções com GPU AMD Radeon R9 290X ou 295X, sendo que ambas devem entregar muita velocidade e qualidade nas imagens para os aplicativos mais pesados, jogos e conteúdos multimídia. Existem ainda 8 GB de memória RAM para uma ampla capacidade de execução em multitarefas e 1 TB de armazenamento híbrido no Fusion Drive.

Especificações técnicas

  • Tela: Retina Display IPS de 27 polegadas
  • Resolução: 5120x2880 pixels
  • Processador: Intel Core i5 quad-core de 3,5 GHz
  • Processador gráfico: AMD Radeon R9 M290X
  • Memória gráfica: 2 GB GDDR5
  • Memória RAM: 8 GB
  • Memóra de armazenamento: 1 TB (Fusion Drive)
  • WiFi: 802.11ac
  • Bluetooth: 4.0
  • Expansão: SDXC, DisplayPort, USB 3.0, USB 2.0, Thunderbolt 2.
  • Dimensões: 51,6 cm (altura) x 65 cm (largura)
  • Peso: 9,54 kg

O que mais há no iMac?

Assim como na versão anunciada no ano passado, o iMac Retina Display também chegará ao mercado com design ultrafino surpreendente. O computador possui apenas 5 milímetros de espessura nas bordas — há maior espessura na parte central do aparelho —, o que torna o design dele ainda mais bonito.  Mas é preciso dizer que isso não é tudo o que podemos encontrar.

Para enviar dados e imagens para outros equipamentos, o novo iMac possui ainda duas conexões Thunderbolt 2, quatro conexões USB 3.0 e slot para cartões SDXC. A conectividade WiFi 802.11ac também garante mais velocidade para a transmissão de dados na internet, sendo prometido até três vezes mais potência do que as conexões em outros protocolos. Vale dizer ainda que o dispositivo é mais eficiente e garante até 30% de economia de energia em relação ao iMac anterior.

Quanto vai custar?

Nos Estados Unidos, cada unidade da versão mais básica do iMac Retina Display custará US$ 2.499. Aqui no Brasil, o aparelho não sairá por menos de R$ 13.999 — vale dizer que ele pode chegar ao preço de R$ 22.827.

Cupons de desconto TecMundo: