(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

Além de ter lançado um novo site institucional voltado a assuntos ambientais, a Apple iniciou na última terça-feira (22) um novo programa para reciclar aparelhos antigos que não são mais desejados por seus consumidores. A partir desta semana, as lojas da companhia passam a receber produtos antigos em troca de créditos para a compra de novos aparelhos — isso é, caso o dispositivo trocado tenha o potencial de ser revendido.

Até o momento, a companhia não forneceu informações sobre o quanto pretende pagar por cada gadget entregue, tampouco esclareceu se a iniciativa atinge somente suas lojas nos Estados Unidos ou se possuí um âmbito global. A companhia também reforçou sua posição a favor do meio ambiente afirmando que está trabalhando constantemente em formas de reduzir a quantia de toxinas prejudiciais resultantes da fabricação de seus produtos.

A página oficial da Apple também destaca o fato de que a versão atual do iMac consome 97% menos energia para ficar em estado de repouso do que o modelo original lançado em 1998. Essas iniciativas pretendem não somente reduzir o impacto ambiental dos produtos fabricados pela companhia como também beneficiar a qualidade de vida do consumidor final e dos funcionários responsáveis pela construção dos gadgets.

“Muitas substâncias encontradas normalmente na indústria dos eletrônicos podem ser prejudiciais para pessoas ou para o planeta”, afirma a Apple. “Então vamos criar produtos com materiais mais limpos e seguros para reduzir e eliminar essas toxinas. Também responsabilizamos nossos fornecedores — conduzimos auditorias em fábricas, testamos componentes em laboratórios independentes e verificamos os resultados em nossa sede em Cupertino”, explica a companhia.

Cupons de desconto TecMundo: