(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

Você se lembra da batalha judicial entre a Apple e a Samsung que terminou com vitória da empresa da Maçã? Pois mesmo após a sentença que saiu 24 de agosto de 2012, as duas empresas continuaram recorrendo nos tribunais, questionando muito do que foi decidido.

No mais novo capítulo da disputa entre as companhias, a Apple não ficou plenamente satisfeita com o resultado e pediu que 23 produtos da empresa sul-coreana tivessem as suas vendas proibidas nos Estados Unidos. Na manhã dessa quinta-feira (6), a juíza Lucy Koh julgou como improcedente a argumentação.

Porém, não foi só a Apple que teve uma má notícia nesta manhã. Em novembro do ano passado, a Samsung alegou que devia apenas US$ 52 milhões à Apple por eventuais danos causados à marca. Entretanto, a juíza determinou que o valor a ser pago é de US$ 290 milhões. Somando-se com outros US$ 640 milhões que a justiça determinou pagamento anteriormente, o valor da dívida chega a US$ 930 milhões.

As duas empresas podem recorrer das decisões de hoje, o que indica que a batalha entre elas deve se arrastar ainda mais nos tribunais. Ainda neste mês as duas companhias voltam aos tribunais por conta de outro processo. No mês passado os executivos Tim Cook, da Apple, e Shin Jong-Kyun, da Samsung, se reuniram para tentar um acordo extrajudicial, mas não houve sucesso.

Cupons de desconto TecMundo: