(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O novo quartel general futurista da Apple representou uma das últimas cartadas do seu visionário CEO, Steve Jobs. Entretanto, o enorme Spaceship Campus não deve aparecer tão cedo quanto previa o planejamento inicial. De fato, conforme revelou o site Bloomberg, os novos esquemas apresentados no último dia 14 em Cupertino preveem que as novas instalações não devem se tornar totalmente operacionais antes de 2016.

Na verdade, mesmo a construção propriamente dita não deve ter início antes de 2014. Isso porque, aparentemente, a Apple havia subestimado o tempo necessário para que sejam calculados os impactos ambientais sobre uma respeitável área de 176 acres (equivalente a 100 campos de futebol).

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

O planejamento inicial foi apresentado em junho de 2011, com planos para ser concluído em 2015. Embora o projeto não tenha sofrido grandes alterações, o referido site reportou que a Apple não utilizará mais caminhões para mover terra do local e também que um auditório para mil pessoas — o qual deve servir para a revelação de novos produtos — foi afastado das rodovias próximas. Também foram incluídas mais vagas nos estacionamentos.

Caso você se interesse por mais detalhes, a empresa de Cupertino pretende publicar em breve as atualizações de planejamento através de um arquivo para download. O conteúdo deve ser liberado até semana que vem.

Baixo impacto ambiental

O Spaceship Campus foi projetado de forma que se minimizem ao máximo os impactos ambientais. Entre outros detalhes “verdes” capazes de estampar sorrisos de aprovação em rostos ativistas, há 650 mil metros quadrados de painéis solares.

Além disso, três níveis subterrâneos de estacionamento devem ajudar a preservar os arredores. Por fim, a cereja do bolo de concreto espacial da Maçã deve ser um belo pomar espalhado por toda a região central da instalação — que deve incluir também um parque.

Cupons de desconto TecMundo: