O modelo acima nem existe, mas já tem gente economizando para comprar. (Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

A Apple conseguiu revolucionar, só nos últimos anos, tablets, smartphones e players de música com aparelhos próprios – e a entrada da empresa no mercado de televisores é aguardada com expectativa. Mas é melhor esperar sentado: de acordo com informações de um analista, os planos da gigante podem ser atrasados (ou até arquivados definitivamente).

De acordo com Andy Hargreaves, que teria conversado com executivos como Eddy Cue (vice-presidente de softwares internos e serviços da Apple), a empresa tem certeza de que poderia fornecer uma interface de navegação e conteúdo melhores que os atuais, proporcionando uma experiência inédita aos telespectadores – mas nem por isso o caminho é tão fácil.

Qual o problema?

A dificuldade, segundo o analista, está em obter os direitos de transmissão de programas ou canais inteiros das TVs aberta e fechada para criar planos de assinatura próprios, já que são grandes (e poucos) grupos de comunicação que controlam tudo isso – e eles não estariam nem um pouco dispostos a ver a Apple ameaçando essa hegemonia.

A diferença entre o que passaria nas TVs dos Estados Unidos e do Brasil, por exemplo, também é um problema que dá dor de cabeça à Apple só de pensar nas complicações. Além disso, o iPhone 5 já deve ser a estrela dos últimos meses de 2012 – portanto, não confie em rumores que apontam o lançamento para o final do ano ou supostas especificações do aparelho.

Fonte: CNN

Cupons de desconto TecMundo: