(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Um duelo de titãs se aproxima: os Estados Unidos estão processando a Apple. A empresa recebeu uma notificação do Departamento de Justiça norte-americano juntamente com outras cinco companhias (Hachette, HarperCollins, Macmillan, Penguin e Simon & Schuster), por adotar uma política de truste contra serviços como o da Amazon.

A diferença é que as acusadas deixam as editoras escolher um preço para seus e-books, pagando parte do lucro das vendas para a revendedora – mas tudo a partir um valor mínimo para qualquer publicação. Isso acaba fazendo com que alguns produtos fiquem inflacionados demais, especialmente em comparação com o esquema da Amazon, que cobra o quanto quiser pelos itens, sem qualquer tipo de limitação.

A acusação é de conluio, uma atividade ilegal entre uma ou mais empresas para evitar o pagamento de algumas taxas. Segundo a Bloomerg, a Maçã negou que esteja envolvida em algum tipo de esquema contra a Amazon, mas pode até ter que responder pelo processo em uma corte em Nova York. Caso percam a ação, essas empresas serão obrigadas a adotar o esquema utilizado pela concorrência.

Cupons de desconto TecMundo: