A Apple anunciou hoje os seus resultados para o primeiro trimestre fiscal de 2017 e surpreendeu seus investidores. Os últimos três meses foram os mais rentáveis para a empresa na venda de iPhones da história. Foram 78,3 milhões de unidades vendidas e uma receita total de US$ 77,4 bilhões. Contudo, um número realmente impressionante é os US$ 7,17 bilhões que a companhia conseguiu apenas com a renda proveniente da App Store, a loja de aplicativos do iOS.

A App Store tende a ultrapassar o total da venda de iPads e também a de Macs

Segundo a empresa, essa receita é o dobro do que a Google conseguiu no seu último trimestre fiscal com a Play Store, a loja do Android. Fora isso, a Maçã afirma que já são 2,2 milhões de títulos disponíveis para baixar para iPhones e iPads.

Essa fatia da loja representou praticamente um décimo de receita total da empresa, sendo que a venda de iPhones representou 69%. Contudo, nos próximos anos, a App Store tende a ultrapassar o total da venda de iPads e também a de Macs, se tornando um dos pilares mais importantes para a Apple no que toca a questão financeira.

Comparável?

Vale destacar que a Maçã faz a comparação com a Google Play e ressalta que existem muito mais usuários do Android no mundo do que de iOS, o que tornaria o resultado ainda mais impressionante. Contudo, é preciso levar em conta que o preço médio que os compradores de celulares Android pagaram globalmente foi de “apenas” US$ 208 em 2016. No mesmo período, os celulares da Apple foram vendidos por uma média de US$ 651, mais que o triplo.

Isso é importante porque o fato de o Robô ser uma plataforma mais democrática significa que a maior parte das pessoas que compram apps e games na Google Play não tem tanto poder aquisitivo quanto as pessoas que gastam na App Store. Ou seja, a comparação da Apple é bastante relativa.

Cupons de desconto TecMundo: