Com uma temporada que promete concretizar a invasão das realidades virtual (virtual reality - VR) e aumentada (augmented reality - AR), muita gente vem perguntando desde o ano passado: e a Apple, o que deve trazer de novidades para o setor? O próprio CEO, Tim Cook, já disse que a companhia vem investindo no mercado e boatos aos poucos confirmam isso. Nesta semana, mais um rumor: a Maçã estaria trabalhando ao lado da empresa alemã de artigos ópticos Carl Zeiss para lançar seus óculos digitais em 2018.

O popular blogueiro de tecnologia Robert Scoble afirma ter conversado com um empregado da Carl Zeiss, que descreveu a produção de “um par leve de óculos de realidade aumentada/mista até o final deste ano”. A especulação se alinha com projeções feitas por analistas em novembro de 2016, que adiantaram a entrada da gigante de Cupertino nesse nicho “em um ou dois anos”.

O VR One Plus da Zeiss, que funciona como o Google Daydream e o Samsung Gear VR

Atualmente a firma europeia tem nas prateleiras o VR One Plus, um headset que transforma qualquer smartphone em mídia AR ou VR, semelhante ao Samsung Gear VR e ao Google Daydream. A ausência de um dispositivo desses no estande da Carl Zeiss na CES 2017 seria justamente porque ela estaria “guardando segredo” para um posterior grande anúncio ao lado da Apple.

Como seria o wearable da Maçã?

Ainda não há muitos detalhes de como funcionaria o gadget, contudo, é só notar as parcerias da Apple com outros grupos do segmento para imaginar o que vem por aí: recentemente, o time de AR aumentou e incluiu especialistas em captura de movimento da Faceshift, máquinas de aprendizado destinadas à visão da startup Perceptio, as firmas de AR Metaio e Flyby Median, entre outros.

Muitos apostam em algo integrado ao iPhone 8, outros acreditam em uma interação com plataformas que já possuem iOS, como a Apple TV, e grande parte espera ter alguma novidade nesse sentido no Apple Car ou com a assistente virtual Siri.