GIFs são maravilhosos e todos nós sabemos disso. Por isso, cada vez mais os mensageiros estão aproveitando o formato e vêm oferecendo a capacidade de acioná-los na conversa — para deixar tudo mais divertido. Igual ao Facebook Messenger, o iMessage, renovado no iOS 10, oferece diversos GIFs por meio de uma caixa de busca e o processo é simples: você digita uma palavra-chave e uma imagem correspondente aparece. O problema é que, dependendo da palavra, você vai acabar encontrando GIFs "extremamente" pornográficos — se pudermos usar "extremo" no lugar de explícito.

Como postamos agora há pouco, quando a palavra "Butt" (em tradução literal, bunda) é digitada, o usuário do iMessage encontra o pônei Fluttershy, do desenho "Meu Pequeno Pônei", em posições inadequadas. Saiba mais sobre isso aqui.

Além de 'butt', um GIF explícito apareceu na palavra 'huge'

O que já era ruim, acabou de ficar pior. De acordo com o The Verge, uma mulher chamada Tassie Bethany enviou um email ao site com prints mostrando uma criança de oito tentando enviar um GIF ao pai. A surpresa veio com um GIF explícito de "uma mulher fazendo sexo oral em um homem bem dotado", diz o email. A criança, exposta ao formato de imagem, havia digitado a palavra "huge" (em tradução literal, imenso) na caixa de busca.

Bethany comentou ao The Verge o susto que levou e adicionou: "Imenso é só uma palavra, não é igual 'bunda' ou outra coisa", notando que não havia necessidade do conteúdo sexual. "Isso é pornô hardcore, algo que pode potencialmente ser bem traumatizante para uma criança pequena".

GIF +18

Ao que parece, a Apple está utilizando buscas do Bing para puxar resultados de diversas fontes. A censura que a Maçã colocou existe, porém em palavras mais explícitas. Ainda não há comentários oficiais da equipe de desenvolvimento do iMessage.

Cupons de desconto TecMundo: