Apple dificilmente libera informações sobre seus projetos para o público, tanto que ninguém tem certeza sobre os planos da companhia para o seguimento de veículos autônomos.

Até agora, os rumores apontavam para um carro elétrico dotado de inteligência, mas parece que a marca quer mudar o foco. Após uma reestruturação na equipe, a empresa vai trabalhar em softwares inteligentes para automóveis de outras fabricantes.

A informação vem do jornal The New York Times, que publicou detalhes sobre testes da Apple em circuito fechado. Segundo consta na publicação, a empresa está numa fase de “reboot” (reinicialização), a qual foi inevitável após chegar em um ponto em que não era possível prosseguir com o desenvolvimento de carros autônomos, daí a mudança de estratégia.

Para esta nova empreitada, a Apple traz Bob Mansfield de volta ao time, chefe de projeto que vem para substituir Steven Zadesky. A chegada de Mansfield implicou não apenas na mudança de planos, mas também acarretou na demissão de centenas de funcionários. O caminho era um tanto lógico, contudo, já que a marca não quer competir com Tesla, GM, Ford e outras.

Vale notar ainda que a Apple não vai conseguir manter novas informações em segredo por muito tempo, já que ela vai precisar de parceiras para realizar testes em estradas. Este deve ser o melhor caminho para a empresa, que tem mais chance de concorrer no segmento com o Uber e a Google, duas companhias que já revelaram planos para softwares focados em veículos inteligentes.

Cupons de desconto TecMundo: