O mundo tudo conheceu, no evento da Apple, o mais novo SmartWatch da companhia: o Apple Watch. O dispositivo pegou alguns de surpresa, mas muitos já desconfiavam que isso pudesse acontecer. Apesar disso, a empresa conseguiu manter em segredo quase todas as informações referentes ao seu relógio inteligente.

Agora que já está revelado, é normal surgirem inúmeras matérias sobre o dispositivo. No entanto, o texto mais completo que você pode encontrar por aí é o nosso especial Tudo Sobre, em que dissecamos todas as funcionalidades e detalhes do pequeno aparelho. Abordamos desde o seu design até o software que o equipa. Nesta matéria, contudo, daremos um pouco mais de foco nos sensores presentes na parte traseira do relógio.

O que são esses círculos esquisitos?

Olhando a imagem acima, alguns podem se perguntar o que são aqueles quatro círculos estranhos presentes na parte de trás do relógio. Como bem sabemos, o Apple Watch terá várias funções que vão auxiliar os donos do dispositivo na prática de exercícios físicos e acompanhamento das atividades diárias.

É neste momento que entra em cena aqueles pequenos círculos, que na realidade são um conjunto de sensores especiais que utilizam o infravermelho, luzes de LED e fotodiodos para detectar os batimentos cardíacos da pessoa (entre outras funções). Esses fotodiodos funcionam, basicamente, como detectores de luz e provavelmente vão agir juntamente com os emissores de LED.

Um dos aspectos mais interessantes dessa parte do relógio é o que cobre todos esses sensores: uma tampa de cerâmica com lentes de safira, provavelmente a mesma composição de material que equipa a parte frontal do dispositivo. Esse pequeno detalhe garante proteção extrema ao aparelho e significa que ele será praticamente inquebrável.

Essa tampa traseira também protege o acelerômetro, o pedômetro e o giroscópio presente no relógio, que são os sensores que vão interagir com a rede WiFi e GPS do iPhone pareado com ele. Esses componentes trabalharão juntos para entregar todos os recursos prometidos pela Apple.

Diferenciais e capacidades

Com tantos SmartWatches já lançados no mercado, os consumidores podem acabar se perguntando qual seria a vantagem desse relógio da Apple. No que se refere aos sensores, há alguns detalhes que o destacam em relação aos seus concorrentes.

O primeiro aspecto impressionante do aparelho é a capacidade de ativar o display quando o pulso é erguido, movimento naturalmente realizado quando queremos consultar o relógio. A capacidade de transmitir as vibrações captadas nos sensores também é outro destaque.

É possível utilizar esse recurso para, por exemplo, chamar a atenção de outra pessoa que está usando o Apple Watch ou até compartilhar o ritmo dos batimentos cardíacos. Para isso, a companhia apela (um pouco) para o lado emocional, já que essa funcionalidade não parece ter utilidade alguma.

Os sensores do pequeno dispositivo possuem uma precisão tão apurada que são capazes de identificar quando a pessoa está caminhando, correndo, sentada ou até mesmo em pé. Esses detalhes são bastante importantes para quem quer acompanhar como estão as próprias atividades em 100% do tempo.

Aplicativos

Estes sensores presentes no Apple Watch, obviamente, trabalham em conjunto com uma série de aplicativos. Há aqueles proprietários da empresa, como o Health, que captam todos os dados e podem compartilhar estas informações com apps de terceiros.

O Activity é o responsável por captar a posição e o movimentos dos utilizadores do relógio. Como mencionado anteriormente, os sensores são capazes de identificar até mesmo se a pessoa está em pé e é esse aplicativo que interpreta as informações enviadas por esses componentes. Há ainda muitos outros a serem listados, como os apps da Nike e de outras companhias que se especializam nessa categoria.

Ainda pode haver mais

Essas são apenas algumas informações que foram disponibilizadas sobre o pequeno aparelho. Provavelmente deve haver muitos outros detalhes que ainda não foram divulgados pela Apple e que podem surpreender ainda mais os consumidores.

O Apple Watch só estará disponível a partir do ano que vem e seu preço oficial, de acordo com a apresentação da empresa, começará em US$ 349, podendo alterar de acordo com a personalização do proprietário. Fique ligado no TecMundo para saber ainda mais detalhes desse relógio inteligente e outros produtos da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: