Você sabia que a Apple vendeu 6 milhões de unidades de seu smartwatch somente em 2016? Isso significa que a Maçã, sozinha, já domina cerca de 70% deste mercado, segundo uma pesquisa divulgada no início do ano.

Ao contrário do que muitos ainda pensam, o dispositivo wearable oferece funções que vão muito além de checar as horas de um jeito mais moderno, ou conferir as notificações de seus aplicativos, e-mails e mensagens com mais facilidade. Com o Apple Watch, é possível realizar compras e pagamentos, localizar um iPhone ou iPad perdido e, claro, ostentar por aí sua aquisição para lá de especial.

Além disso, existem diversos recursos disponíveis no relógio inteligente da companhia comandada por Tim Cook, e aqui vão algumas dicas de como aproveitar ao máximo o que o aparelho tem a oferecer:

Aquela conferida básica nas horas 

Quem usa o Apple Watch Series 2 consegue checar que horas são de um jeito bastante discreto. O aparelho revela o relógio em sua tela bastando dar uma leve rodadinha para cima na Coroa Digital - mas, para isso, é preciso habilitar essa configuração na opção "Despertar" dentro de "Geral", que fica no app do smartwatch disponível para iPhone.

Relógio customizado 

É possível modificar o "jeitão" que o aparelho exibe o relógio por meio das configurações, mas o jeito mais descomplicado de fazer isso é baixando o app do Apple Watch em seu iPhone. Em uma tela maior, a escolha de uma nova "face" será muito mais rápida. 

Chega de prints acidentais

Muitos usuários do Apple Watch acabam acidentalmente tirando prints de suas telas com o simples movimento de seus pulsos. Esse recurso é ativado quando o botão lateral é pressionado simultaneamente com a Coroa Digital, mas aquelas pessoas mais desastradas podem desativar a função também por meio do app do smartwatch para iPhone, em "Geral" e desabilitando a chave "Ativar Capturas de Tela".

Rastreador de iPhone

Sabe quando você perde o controle remoto da TV e pensa que seria muito útil apertar um botão no aparelho que informasse onde está o objeto desaparecido? Pois a Apple oferece essa função em seu smartwatch para quando o usuário não sabe onde deixou o iPhone.

No relógio, basta deslizar o dedo na tela para cima. Quando aparecer a Central de Controle, é só clicar no ícone do "ping" para iPhone. Feito isso, o smartphone emitirá um alerta sonoro mesmo se estiver no modo silencioso. O recurso também faz com que uma luz seja acesa no iPhone, ajudando a vida de quem estiver no escuro, ou das pessoas que têm algum tipo de deficiência auditiva.

A cada mergulho, uma limpeza

Essa dica vale só para quem usa o Apple Watch Series 2: apesar de o aparelho ser resistente a água, é preciso dar aquela limpadinha no speaker depois de molhar o aparelho. Para isso, basta abrir a Central de Controle e pressionar o ícone representado por uma gota d'água. Isso garante que o dispositivo estará funcionando com a tela bloqueada durante o mergulho.

É importante frisar que a Maçã recomenda que o Apple Watch Series 2 seja molhado somente em atividades realizadas em águas rasas (como natação em piscinas ou praias, ou durante o banho). O aparelho pode não suportar mergulhos em águas profundas, ou ainda práticas aquáticas em alta velocidade.

Alterne entre apps rapidamente

Essa dica é bem simples e vai facilitar a vida de muita gente: em vez de ficar navegando entre aplicativos no Apple Watch por meio de cliques e deslizes de dedo na tela, é só dar um clique duplo rapidamente na Coroa Digital para alternar entre os apps abertos - mais ou menos como funciona o comando "Alt + Tab" no Windows, ou o "Command + Tab" no macOS.

 

Ou conte com o Dock para isso

Desde o lançamento do watchOS 3, os aplicativos abertos no smartwatch podem ser acessados por meio do Dock. Para isso, basta pressionar o botão lateral para que o Dock seja exibido. Nele, o usuário pode administrar o uso de seus apps com drag and drop, ou removê-los. Também é possível configurar o uso do Dock no app do Apple Watch para iPhone.

Você pode desbloquear o Mac com o Apple Watch

Se você é desses que têm preguiça de digitar sua senha toda vez que precisar desbloquear seu Macbook ou iMac, mas não dispensa a segurança na hora do desbloqueio, seu Apple Watch pode cuidar disso em seu lugar. Ao acessar as Preferências do Sistema no computador, clique em "Segurança e Privacidade". Nessa tela, há uma opção que permite o seu Apple Watch desbloquear o seu Mac - e é só clicar no box para ativar a função.

Alô, polícia

Outra novidade que chegou com o watchOS 3 foi o recurso SOS. Ele permite telefonar para o serviço local de emergência com apenas um toque, e a função pode ser configurada utilizando o app do Apple Watch para iPhone.

O SOS também informa seus contatos devidamente cadastrados de que uma situação de emergência aconteceu, e que você precisou ligar para o 190 (no caso do Brasil). O recurso também envia sua localização a esses contatos, que também receberão atualizações caso você seja transportado de um lugar para outro.

E fique ligado: em breve, o Spotify deverá funcionar no Apple Watch. A novidade não será lançada (ao menos por enquanto) pelas mãos do próprio serviço de streaming, mas sim pelo Snowy - um aplicativo paralelo que se conecta à sua conta do Spotify e dá acesso às suas playlists e bibliotecas.

Cupons de desconto TecMundo: