O público que acompanhou a conferência da Apple nesta quarta-feira (9) já sabia da existência dos smartphones iPhone 6S e 6S Plus, além do iPad Pro, mas a empresa também revelou no evento a tão esperada próxima geração do dispositivo Apple TV.

Depois de muitos rumores e um certo atraso por parte da marca em atualizar radicalmente o produto, chegou a hora de conhecer a nova versão de vez.

A nova e quarta geração da Apple TV combina hardware poderoso com um sistema operacional moderno, uma nova experiência de usuário e ferramentas poderosas de desenvolvimento — sem contar uma App Store própria para personalização do usuário.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: tvOS (baseado no iOS 9)
  • Processador: Apple A8 de 64 bits
  • Armazenamento interno: 32 GB ou 64 GB
  • Conectividade: WiFi, Bluetooth 4.0, Cabos HDMI e Ethernet
  • Sensores: Acelerômetro e giroscópio
  • Bateria: 3 meses sem precisar de recarga

A nova caixa Apple TV não apresenta diferenças visuais gritantes em relação aos modelos anteriores, sendo 10 mm mais alta que a terceira geração. Mas, afinal, o que é a Apple TV? A própria Apple define o produto desde o início como "uma caixa pequena" que permite o acesso a conteúdos variados em alta definição. Filmes e músicas são liberados por meio da conexão com serviços liberados por assinatura (como Netflix) ou sem custos (YouTube). É possível ainda fazer a conexão remota de outros dispositivos iOS com a Apple TV por meio do AirPlay, permitindo espelhamento e o uso de recursos em segunda tela.

Tim Cook fala em "era de ouro da televisão", mas diz que a experiência em si não mudou muito em décadas, enquanto o mobile experimentou uma série de alterações — e é aí que entra a visão da Apple, que acredita que o futuro da TV está em apps.

Confia a Apple TV na loja da Maçã clicando aqui.

Siri e busca universal: os desejos foram atendidos

A Siri foi ampliada para virar uma espécie de especialista em filmes, séries e música. Ao segurar o botão com ícone de microfone, você pode perguntar a ela coisas por voz, como "Me mostre filmes de família", "Filmes com o Jason Bateman" ou "Quais são os lançamentos?". Os resultados são focados no conteúdo, com um aspecto visual que destaca a série em si. Até comandos mais específicos são realizados, como "Me mostre o episódio de Modern Family com o Edward Norton". Ela até exibe o clima enquanto você acompanha um programa.

A Siri ainda faz uma busca universal pelos conteúdos, o que significa que ela dará resultados baseados em uma série de ferramentas de streaming de vídeo ao mesmo tempo, aproveitando para mostrar a você onde cada um está disponível.

De início, estarão disponíveis iTunes, Netflix, Hulu, HBO e Showtime, com mais serviços sendo adicionados aos poucos. 

Controle remoto: para a TV e para games

O novo controle remoto da Apple TV foi completamente remodelado para adotar a estratégia de revolução prometida. Agora, ele tem um espaço sensível a toque no topo para que você navegue pelos títulos e menus de forma mais dinâmica.

Já os botões físicos são para as seguintes ferramentas: comandos de voz, transmissão, menu, pausar ou reproduzir conteúdos e alterar o volume. Os comandos de voz são, de longe, os mais incríveis: você pode rebobinar ou avançar o filme em quanto tempo quiser ("Vá sete minutos para frente") ou ativar legendas e closed-caption automaticamente se você perdeu algo do áudio.

O botão "Home" apresenta a você filmes (como os mais populares ou novos), séries, músicas (via Apple Music) e a App Store. O pôster tem efeitos em 3D – parece que você está realmente movendo o cartaz.

Se colocado na horizontal, o controle serve também para jogos do iOS, vários deles novos – o Beat Sports, que foi criado especialmente para o dispositivo, e outros portados para a telona –, caso do sucesso Crossy Road, que até ganhou uma função multiplayer com o outro jogador usando um iPhone ou iPad.

A Microsoft é uma das empresas que já se prepara para a investida da Apple no mundo dos games para dispositivos móveis: os esforços da marca estão na integração do Windows 10 com o Xbox One, inclusive com a funcionalidade do streaming de "mão dupla". 

App store e kit para desenvolvedores

Por isso, outra novidade é a disponibilização de um SDK (kit de desenvolvimento) para criadores de apps e serviços interessados em ferramentas próprias e otimizadas para a Apple TV. O tvOS é tido como fácil e simples para a criação de apps por terceiros.

Isso também significa a chegada de uma App Store própria, com jogos e programas. A App Store se parece bastante com as lojas digitais de outras plataformas da Apple. E há um diferencial: você começa a jogar algo no iPhone e pode continuar a jogatina na televisão do mesmo instante em que você parou, por exemplo.

Entre os aplicativos, até mesmo o serviço de aluguel de quartos Airbnb foi confirmado, além de funções de interatividade para esportes (como assistir a duas partidas simultaneamente ou ver a classificação do seu time enquanto o jogo passa) e compras.

Disponibilidade

A nova Apple TV será lançada no final de outubro em 80 países, mas pode chegar a cerca de 100 até o final do ano. Serão duas versões: com 32 GB de armazenamento interno (por US$ 149) e 64 GB (por US$ 199). A terceira geração passa a custar US$ 69.

O tvOS para desenvolvedores Beta será disponibilizada hoje para que apps sejam criados a partir de agora.

Cupons de desconto TecMundo: