A cantora norte-americana Taylor Swift revelou no Twitter que seu mais recente álbum, “1989”, estará disponível para streaming no Apple Music. Anteriormente, Swift tinha atacado a Apple publicamente pelo fato de a empresa não querer pagar os artistas nos primeiros três meses de funcionamento do serviço. Confira o comentário da cantora aqui.

Ela tinha se recusado a colocar sua discografia no Apple Music nas condições que a Maçã desejava, que inclusive foi imposta a todos os outros artistas que assinaram contratos com a empresa.

Depois da repercussão do comentário de Swift sobre o serviço de streaming, a companhia de Tim Cook mudou de ideia e agora vai fazer o pagamento para os artistas desde o primeiro mês. Ainda assim, os clientes do Apple Music terão os 90 dias de teste antes de começarem a pagar US$ 10 mensalmente para ter acesso ilimitado.

Swift vs. Streaming

Swift tirou suas músicas de praticamente todos os serviços de streaming da atualidade, inclusive do Spotify, por considerar que não estava recebendo o suficiente por sua música por lá. Ela também criticava o fato de essa plataforma em específico ter a possibilidade de ouvir música gratuitamente no PC.

“Depois dos eventos dessa semana, eu decidi colocar ‘1989’ no Apple Music… e fiz isso de forma feliz”.

“Caso você esteja imaginando que isso é algum acordo exclusivo como os que a Apple tem feito com outros artistas, eu digo que não é”.

“É simplesmente a primeira vez que pareceu certo para mim colocar meu álbum para streaming. Obrigado, Apple, por mudar de ideia”.

Não há qualquer informação sobre a possibilidade de Swift voltar para o Spotify no momento.

Cupons de desconto TecMundo: