A Motorola vai se unir a outras fabricantes com o objetivo de tornar a proteção ao Android mais ativa. A medida está sendo tomada depois que a Zimperium, uma empresa especializada em segurança coorporativa, descobriu uma falha de segurança gravíssima que atinge 95% dos dispositivos equipados com o SO da Google.

Em um comunicado emitido ao site de notícias Droid Life, a Motorola disse o Moto X Play e o Moto X Style lançados na semana passada já virão equipados com o patch de segurança. O Moto G de terceira geração receberá uma atualização em breve.

Vale lembrar que essa mesma medida já havia sido adotada pela Google, LG e Samsung. Mas diferentemente das três empresas, a Motorola não prometeu atualizações mensais para os aparelhos que compõe seu ecossistema. A empresa se limitou a dizer que está trabalhando diretamente com a Google e seus parceiros para simplificar o processo de implantação de atualizações críticas de segurança no futuro. 

Janela de lançamento

Com relação aos demais aparelhos, a empresa apresentou em seu site a lista completa de todos os dispositivos que receberão uma correção para a falha. Segunda a fabricante, os patchs de segurança começarão a ser liberados no dia 10 de agosto. São eles:

  • Moto X Style (corrigido desde o lançamento)
  • Moto X Play (corrigido desde o lançamento)
  • Moto X (1ª Geração, 2ª geração)
  • Moto X Pro
  • Moto Maxx
  • Moto G (1ª Geração, 2ª geração, 3ª geração)
  • Moto G com 4G LTE (1ª Geração, 2ª geração)
  • Moto E (1ª Geração, 2ª geração)
  • Moto E com 4G LTE (2ª geração)
  • DROID Turbo
  • DROID Maxx

A empresa salienta que devido a exigências únicas das operadoras, a Motorola tem mais de 200 variações diferentes do seu sistema operacional, o que obriga a companhia a testar, corrigir e implementar os patchs em cada uma delas. Por isso, a companhia deve priorizar a correção nos aparelhos mais populares.

Você acredita que as atualizações mensais deixarão o Android mais seguro? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: