(Fonte da imagem: Reprodução/Phones Review)

Um estudo divulgado nesta semana pela F-Secure aponta que o Android responde hoje por 79% das ameaças digitais criadas para dispositivos móveis em 2012. Em 2011, o sistema operacional mobile da Google respondia por 66% das ameaças e, em 2010, esse número era de apenas 11%.

O iOS, da Apple, segundo no ranking de popularidade entre os usuários, foi responsável por apenas 0,7% dos vírus criados para dispositivos móveis. A segunda posição ficou com o Symbian, da Nokia, responsável por 19% das ameaças. A pesquisa mostrou ainda a queda livre do SO, que havia atingido índices de 29% em 2011 e 62% em 2010.

A maioria das ameaças detectadas pela empresa finlandesa F-Secure diz respeito a programas mal-intencionados que se instalam nos aparelhos dos usuários. Das 96 variações de ameaças para Android detectadas pela companhia no último trimestre do ano passado, 21 delas dizia respeito a esse segmento.