Você já deve estar mais do que cansado de saber que a Google anuncia seus sistemas operacionais portáteis com nomes de doces há um bom tempo — e nisso já vimos desde bombas de creme (Eclair) até os chocolates KitKat.

A cada nova versão, o nome do Android é escolhido com uma letra acima da usada na geração anterior: Jelly Bean (4.2), KitKat (4.4), Lollipop (5), Marshmallow (6)...

E depois do Marshmallow, todos esperavam que a versão 7 surgisse com um nome bem conhecido dos consumidores de todo o mundo: Nutella. Mas a verdade é que o sistema chegou ao mercado com o nome de “Nougat”, sendo esta a atual distribuição mais recente.

Ainda não podemos dizer se a Google vai usar os nomes de doces do Android até chegar à letra Z, mas essa é uma possibilidade que não pode ser descartada. E se isso acontecer, quais serão os nomes das próximas versões do sistema operacional? Nós fizemos alguns exercícios para pensar nisso por você.

Dá uma olhada no que a gente separou e depois nos conte se você acha que temos chance de acertar algumas das tentativas! Ah... Aproveita também e diz o que você pensa que está por vir!

E chegando neste ano, “Android O”

Este é mais um ano em que a Google pode conseguir uma boa parceria com as empresas alimentícias norte-americanas. Se nós já vimos o KitKat alguns anos atrás, não seria surpreendente vermos o “Android Oreo” sendo lançado em 2017. É claro que isso depende não apenas da Google, mas é certo que seria uma ótima jogada para o marketing da companhia.

Caso a empresa opte por nomes mais “livres”, não restam opções muito numerosas. Mesmo assim, há algumas que vêm sendo cogitadas e merecem ser citadas, como Oatmeal (um mix de aveias muito comum nos Estados Unidos) e Oliebol (um bolinho holandês que também faz relativo sucesso).

Não faltam opções para o “Android P”

Se tivéssemos um capacitor de fluxo, 2 litros de combustível atômico e um Delorean, poderíamos voltar no tempo para fazer com que o português se tornasse o idioma internacional só para que o Android P se chamasse “Paçoquita”. Infelizmente, isso não é possível, mas há várias possibilidades (quase tão) legais.

Uma delas é o “Popsicle” (Picolé), que pode surgir como um Android refrescante e que vai trazer mudanças nunca antes vistas... Quem sabe um “Pop-Tarts”? E o “Peanut Butter” também seria bem interessante, ainda mais considerando o apreço dos norte-americanos pela manteiga de amendoim. E se a Google quiser algo mais sofisticado? Aí é o “Petit Gateau” que pode fazer as honras.

Só brasileiros para um “Q” decente

Que os americanos nos desculpem, mas você imagina um Android Q chegando ao mercado com algum nome bom? Só se for Quidim ou Queijadinha, mas aí eles não vão entender...

Reprodução/Wikipédia

E chegamos ao “Android R”

Quando o Android chegar ao “R”, teremos mais uma letra com poucas opções interessantes para o mercado. Já há quem cogite que veremos os “Android Red Velvet Cake” — lembrando que o “Red Velvet” ficou bastante em destaque em 2015 e 2016, mas é difícil que isso se mantenha até 2020.

Um bolo Red Velvet! Reprodução/Wikipédia

Outra possibilidade está em mais um Android patrocinado. Se isso acontecer, será que seria uma boa ideia esperar pelo “Android Reese’s”?

Por favor, façam um “Android Skittles”

Na hora do “S” é possível que a Google opte por Sundae, Sorvete de Limão, Sorvete Napolitano, Sorvete de Morango, Sorv... “Tá bom, já entendemos!” Mas o que a gente quer mesmo é ver o Android Skittles chegando aos smartphones. Não dá para negar!

Ainda tá longe, mas tem um “T” a caminho

Podemos esperar que o “Android T” ganhe alguns nomes bem legais. Caso a Google opte por parcerias com empresas, Twinkle e Twix são duas das opções mais prováveis. Mas o destaque deve ser bem mais generalista e interessante: Tiramisu. Esse doce maravilhoso, saboroso, extasiante e magnífico saiu da Itália para conquistar o mundo todo — seria ele a lasanha dos doces?

Reprodução/Wikipédia

Para quem não sabe, ele é feito com biscoitos de champagne, aroma de café, recheio de “creme delícia” (nome não oficial) e chocolate polvilhado.

Vamos pular o “U” porque não tem doce nenhum com essa letra!

Se tiver, conta pra gente! Mas é possível que o Android com doces acabe por aqui!

Se ainda houver doces, o V será de...

Vingança! Não, gente! Calma!

É mais provável que ele surja como “Vanilla” (Baunilha), mesmo! Lembrando que há vários doces que podem ter nomes variados desse ingrediente — que é genuinamente delicioso.

Chegando ao “W”

E quando chegamos à letra “W”, fica bem difícil não pensar nos “Waffles” belgas que podem ser feitos no evento de lançamento. Se fosse aqui no Brasil, podia rolar um Android Wafer, inspirado nas famosas bolachas.

Reprodução/Wikipédia

Por outro lado, se a Google fizer parceria com a Warner, fica bem fácil imaginar o lançamento do “Android Wonka” sendo colocado no mercado junto com uma sequência de “A Fantástica Fábrica de Chocolate”.

X, Y e Z????

Nós já trouxemos os doces do Android até 2025! Se realmente houver doces até aqui, é bem difícil que o ano de 2026 receba as mesmas ideias de batismo. Pois nem mesmo os  analistas internacionais mais renomados conseguem imaginar como seriam os nomes do sistema com X, Y e Z. Você sabe algo que se encaixe nessas letras? Mesmo que encontre, é difícil que tenha apelo comercial, não é mesmo?

Lembrando que Yakisoba não é doce, né!?

......

Você imagina até que ano a Google vai continuar investindo em batizados doces para o seu sistema operacional portátil? Compartilhe com a gente as suas opiniões sobre esse tema.

Cupons de desconto TecMundo: