O mercado de tecnologia às vezes é bem complicado, tanto para os consumidores como para as empresas em atividade nesse setor. Sistemas proprietários e recursos exclusivos, por exemplo, acabam fazendo com que os usuários tenham que escolher um lado na hora da compra, abraçando um certo número de ferramentas ao mesmo tempo que deixa outras de lado. Ao que tudo indica, o Google I/O deste ano deve dar uma quebrada nesse cenário, já que, possivelmente, será anunciando a compatibilidade do Android Wear com o iOS.

Isso mesmo, apesar de serem concorrentes ferrenhas pelo bolso e coração do público, Google e Apple podem estar se tornando um pouco mais próximas quando o assunto são dispositivos inteligentes. Até o momento, o sistema da Gigante das Buscas feito para seus vestíveis tem compatibilidade exclusiva com produtos que rodam a versão completa do Android, mas o principal evento da companhia, que acontece nesta quinta-feira (28), tem tudo para confirmar uma suspeita levantada há alguns meses nas redes sociais.

Na ocasião, o usuário MohammadAG, no Twitter, revelou que havia encontrado linhas de código no Android Wear 4.4 indicando um início de conversa com o sistema da empresa concorrente – embora ele não tenha conferido se algo do tipo também existe na versão 5.0. Supondo que a estratégia da Google se confirme, dá para afirmar que é muito difícil que a companhia liderada por Tim Cook retribua o favor, deixando que os usuários de Android controlem o Apple Watch através dos seus dispositivos, não é?

Quanto mais, melhor

Ainda assim, olhando puramente do ponto de vista dos negócios, o plano é bastante vantajoso para a dona do robozinho verde. Afinal, dar a chance para que clientes com aparelhos iOS possam experimentar relógios e outros adereços que rodam o Android Wear é algo que tem o potencial de estender consideravelmente o alcance desses produtos, quase que literalmente abocanhando um pedacinho da maçã.

Ok, o smartwatch da Apple ainda tem ao seu lado o fato de ser um gadget de luxo e que esbanja elegância, mas ter a chance de utilizar uma variedade de outros aparelhos – de todos os estilos e preços – também não é de se jogar fora. Uma vez que se abra o leque de possibilidades, os consumidores ganham ótimas opções de compra, não precisando mais ficar presos a cerca de meia dúzia de modelos de relógios basicamente semelhantes em sua essência.

Fique de olho aqui no TecMundo para conferir nossa cobertura completa do Google I/O 2015, inclusive com uma postagem feita exclusivamente para quem quer acompanhar todas as novidades minuto a minuto.

Cupons de desconto TecMundo: