É possível continuar assistindo a um vídeo em um player flutuante por cima de outras aplicações mesmo quando saímos da tela original de reprodução

O Android O vem sendo desenvolvido, testado e melhorado e suas novas ferramentas começam a ser reveladas para o grande público. Agora que seu nome já foi praticamente definido em uma descoberta em seu código-fonte, chegou a hora de a gente avaliar alguns recursos bem legais que essa nova versão vai trazer.

Quem consome bastante conteúdo em vídeo nos smartphones (ou seja, praticamente todo mundo), certamente vai adorar o recurso PIP (picture-in-picture) nativo no Google Chrome. Com ele, é possível continuar assistindo a um vídeo em um player flutuante por cima de outras aplicações mesmo quando saímos da tela original da reprodução.

Ainda em teste

O sistema operacional ainda está em versão Beta, portanto é difícil falar quais aplicativos vão ter suporte para esse recurso, mas já se sabe que além do Google Chrome, o YouTube e o VLC estão começando a trabalhar com essa ferramenta, que é algo bastante útil para usuários que querem continuar usando o celular enquanto um vídeo é executado no aparelho.

Basta você tocar duas vezes no botão que abre os aplicativos acessados recentemente

No Chrome do Android O, o PIP vai funcionar assim: basta você tocar duas vezes no botão que abre os aplicativos acessados recentemente para que a telinha do vídeo seja minimizada para um canto e continue passando o que você estava vendo na tela normal. Esse pequeno visor vai poder ser reposicionado onde menos atrapalhar a sua navegação.

Cupons de desconto TecMundo: