A operação de root no Android é um dos aspectos que mais chama a atenção no sistema operacional da Google. A possibilidade de ter o controle total sobre o software que roda no aparelho é algo que agrada não só aos usuários comuns, mas também desenvolvedores e entusiastas do setor.

Com o recente anúncio e muito próximo de ser lançado, o Android 5.0, também chamado de Lollipop, é o próximo alvo da “libertação” do sistema. Porém, segundo um dos integrantes do time de desenvolvimento do Chainfire, pode ser que a nova versão do sistema operacional da Google seja à prova de root.

O que acontece é o seguinte: quando uma nova versão do SO é instalada, o superusuário que estava habilitado no aparelho é “perdido”, exigindo que o processo de root seja feito novamente. A comunidade aceita esse retrabalho com naturalidade, já que “rootar” um dispositivo Android é relativamente fácil.

Entretanto, o update mais recente do Lollipop, o LPX13D, além de desfazer o root do aparelho, traz uma série de fatores que impedem que o processo seja realizado novamente. O desenvolvedor explica que o script que habilitava o superusuário é forçado a rodar em uma instância do sistema em que não tem acesso total ao SO. Isso impede que ele execute todas as alterações necessárias para que o dispositivo seja “rootado”.

A solução, ainda segundo o desenvolvedor do Chainfire, seria habilitar o root a partir do kernel do sistema, ou seja, a parte “mais baixa” do software. Porém, ainda assim, pode ser que isso seja impedido bloqueando o acesso ao bootloader do Android, que é uma espécie de sistema utilizado para restauração e outras operações envolvendo o SO.

Segundo explica o site XDA Developers, essa pode ser a oportunidade perfeita para as fabricantes colocarem um fim no processo de root de uma vez por todas. Portanto, se você tem um aparelho com o superusuário habilitado, é bom aproveitar, pois pode ser que no Android Lolloipop isso não seja possível.

--

Lembrando que a versão Developer Preview do Android, que foi liberada no mês de junho, não durou uma semana sem ter sido “rootada” com sucesso. Caso você queira aprender a fazer esse processo em seu aparelho, temos um artigo especial ensinando o passo a passo.

Cupons de desconto TecMundo: