Nem só de celulares potentes vive o mercado de smartphones. Aliás, a maioria dos aparelhos lançados conta com configurações básicas e intermediárias, visando entregar ao consumidor um produto final com um preço mais acessível e capaz de cumprir com tranquilidade as suas funções básicas.

É o caso do Xperia E1 dual, smartphone da Sony que chega às lojas a partir do dia 15 de abril. Compatível com dois SIM card, o aparelho suporta ainda Rádio FM. Suas configurações revelam um aparelho com características básicas, mas o preço sugerido de R$ 549 o coloca muito próximo de uma faixa intermediária de preço.

Conferimos de perto todas as funcionalidades de mais esse lançamento da empresa japonesa e o resultado é o que você confere agora nesta análise.

Design

Para o mais novo produto que chega às lojas, a Sony optou por manter a sua linha de design, padronizando a identidade visual dos seus produtos. As bordas nas laterais esquerda e direita da tela são finas e revelam um bom aproveitamento do espaço frontal do smartphone.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Na lateral esquerda está situada a entrada do conector de transferência de dados. Já do lado direito, no centro do aparelho, está localizado o botão power. Logo acima estão os controles de volume. No topo, além da entrada para fones de ouvido, há também um botão diferenciado chamado “walkman”. Alusivo a um dos produtos mais clássicos já criados pela empresa, ao apertá-lo imediatamente o app “Walkman” é executado.

A tampa da parte traseira é feita em plástico fosco e pode ser removida. Ao retirá-la o usuário tem acesso à bateria, às entradas para dois SIM cards e também à entrada para cartão micro SD. A espessura, acima de 1 centímetro, revela um aparelho mais “gordinho” e, por conta disso, ele transmite uma sensação de maior resistência a quedas.

Tela

A resolução de tela de 800x400 pixels não está entre as melhores caso você esteja procurando um modelo intermediário. Já para o consumidor que procura um aparelho com configurações básicas, a resolução é suficiente e não deve apresentar maiores problemas.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A intensidade de brilho do smartphone, quando configurada em 100%, compensa a falta de resolução, mostrando que a retroiluminação da tela é forte. Entretanto, por conta de sua limitação de hardware, jogos mais pesados e com gráficos melhores, como GT Racing 2, acabam nem sendo executados. Assim, essa limitação técnica acaba não sendo um incômodo.

A linha Xperia E1 conta com três versões: um modelo com um SIM card e dois modelos com dois SIM Card, sendo que um deles é compatível com TV digital. O modelo que analisamos é compatível com dois SIM card, mas sem TV. Por isso, testamos ele apenas com vídeos do YouTube e, nesse caso, é perceptível a redução de qualidade nas imagens, mas o resultado final é mediano.

Desempenho

Vamos analisar o aparelho sob dois pontos de vista: como um produto básico e intermediário. Se levarmos em consideração a primeira opção, o Xperia E1 dual se mostra completamente adequado para a sua proposta. Uma grande parte dos apps da Play Store pode ser instalada e executada sem nenhuma dificuldade e o acesso a itens básicos, como emails e redes sociais, também não esbarra em nenhum problema.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Agora, se você está levando o produto para casa pensando em um smartphone intermediário, saiba que existem opções mais atrativas no mercado em termos de configuração. O Xperia E1 dual conta com um processador dual-core Snapdragon 200 de 1,2 GHz e apenas 512 MB de RAM. Isso faz com que em alguns momentos o aparelho apresente leves travadas durante a execução de software.

Não percebemos problemas maiores durante a execução de apps. Contudo, alguns pequenos travamentos durante a utilização do Google Chrome, como demora para carregar o teclado virtual, não podem ser considerados dentro de uma normalidade. Para um celular de entrada isso até pode ser tolerável, mas para quem busca um aparelho intermediário certamente não é um bom sinal.

Bateria

Esse é mais um quesito em que a Sony fez a lição de casa e entregou para o consumidor um produto eficiente. A bateria de 1.750 mAh está dentro do que se espera para um aparelho desta categoria. Some a isso uma tela com resolução não muito alta e o resultado é um smartphone capaz de aguentar bem um dia todo de uso convencional.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Assim como outros produtos da Sony, o Xperia E1 dual conta ainda com um modo Stamina, que suspende apps que não estão em utilização, deixando apenas o essencial do sistema em funcionamento. Com isso, o usuário tem a garantia de que pode passar o dia todo fora sem se incomodar em levar o carregador junto ou procurar uma tomada a todo instante.

Câmeras

A câmera definitivamente não é o ponto forte do Xperia E1 dual. A câmera traseira possui resolução de apenas 3 megapixels – algo compatível apenas com modelos básicos. A qualidade das imagens capturadas com o aparelho é apenas regular e há um alto nível de ruído nas fotos quando as condições de iluminação não são ideais.

Imagem capturada com a câmera do Xperia E1 dual. (Fonte da imagem: Tecmundo)

Em ambientes fechados, por exemplo, sombras e distorções ficarão um pouco evidentes. Porém, ainda assim, podemos afirmar que se trata de uma ferramenta funcional, capaz de satisfazer a uma parcela do público. Mais uma vez, vale o lembrete: para um produto básico, o resultado final é aceitável, ainda que esteja longe do ideal.

Percebemos ainda um ponto falho no software de câmera. Ao tirar uma foto há um lado “certo” para se segurar o celular na horizontal. Isso acontece porque mesmo com a rotação automática ativada as informações de menu não acompanham o giro, fazendo com que você tenha que interpretar os ícones de ponta cabeça. O modelo não conta ainda com câmera frontal.

Áudio

Se você gosta de ouvir música em seu celular sem utilizar fones de ouvido, esse é o celular perfeito para você. Desenvolvido com foco em qualidade de áudio, o aparelho possui uma das caixas de som mais potentes entre aqueles modelos que já analisamos.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O Xperia E1 dual conta com uma tecnologia de equalização chamada ClearAudio+ e outra conhecida por xLOUD. Combinadas, elas são capazes de aumentar o volume para até 100 dB sem que haja distorções no áudio. O modelo vem ainda acompanhado por fones de ouvido simples e funcionais. Quer compartilhar o seu som com a galera? Definitivamente essa é uma das melhores opções em smartphones que você pode considerar.

Função Walkman

Por muitos anos o termo “Walkman” foi sinônimo de dispositivo portátil para se ouvir música. Na era digital, o nome acabou se transformando em um app que hoje funciona como o player de áudio nos aparelhos da Sony. No Xperia E1 dual há um botão específico para ativar a ferramenta, o que torna tudo mais prático. Todos os três modelos da linha são compatíveis ainda com Rádio FM.

Relação custo-benefício

A Sony colocou três modelos de Xperia E1 no mercado. O primeiro deles compatível com apenas um SIM card; o segundo, compatível com dois SIM card (esse é o aparelho utilizado nesta análise); e o terceiro com dois SIM card e compatível com a recepção do sinal de TV digital.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O mais simples deles tem preço sugerido de R$ 449, enquanto os modelos com dois chips custam R$ 549 e R$ 599, respectivamente. Levando-se em consideração os modelos concorrentes, o preço inicial abaixo dos R$ 500 está dentro de sua proposta e, nesse caso, ele se torna uma opção com boa relação custo-benefício.

Já a versão dual SIM, que custa R$ 100 a mais, acaba se aproximando do limiar de preço dos modelos intermediários. Nesse ponto é preciso pesar: você precisa mesmo de um aparelho com dois SIM cards? Se a resposta for não, o modelo com apenas um SIM card pode ser uma boa escolha. Se a resposta for sim, se prepare para olhar outros modelos dentro dessa faixa de preço e que suportem dois chips.

Vale a pena?

Se você procura por um smartphone e considera importante o fato de ele tocar música bem alto, certamente o Xperia E1 está entre as melhores escolhas que você pode fazer. Além de o aparelho atingir a marca de 100 dB, ele possui também um botão “walkman”, dedicado à execução do app de músicas.

Com características de um modelo básico, mas com preço e detalhes que podem classificá-lo como um intermediário, o mais novo smartphone da Sony se mostra uma alternativa mais interessante em sua versão com um SIM card do que nas duas versões com dois SIM card. Seu preço varia entre R$ 449 e R$ 599.

Em termos de desempenho, não percebemos nenhuma característica do aparelho digna de ser apontada com um ponto negativo. Há itens que poderiam ser melhores, como a qualidade da tela e a capacidade de processamento, mas ainda assim todos os apps que executamos rodaram de forma satisfatória.

Com exceção da câmera, que deixa um pouco a desejar, em todos os outros quesitos o Xperia E1 cumpre com o seu papel, atendendo ao consumidor dentro de sua proposta. Para quem procura por um bom celular de entrada, certamente o aparelho da Sony é uma boa escolha. Para quem busca um modelo intermediário, é melhor conferir de perto outros smartphones.

O smartphone Xperia E1 dual foi cedido por empréstimo pela Sony para realização desta análise.

Cupons de desconto TecMundo: