O mercado de smartphones está cada vez mais recheado de opções e cada fabricante vem adicionando mais aparelhos para atender aos diferentes tipos de consumidores.

Ao longo desses dois últimos anos, a Sony lançou uma série de produtos inovadores que apresentaram melhor funcionalidade e design ímpar.

Nós já testamos diversos aparelhos da empresa e agora temos o prazer de analisar o Sony Xperia L. Este smartphone é aposta da empresa em um produto de alta qualidade, com desempenho intermediário e preço acessível.

Apesar de ter uma série de recursos atraentes, este Android vem para bater de frente com alguns aparelhos já consagrados. Será que ele é apenas mais um no mercado ou temos um novo produto de destaque por aí? Isso é o que vamos ver, mas, antes, veja as especificações:

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Aprovado

Design elegante e inovador

Se a ideia é conquistar o consumidor que prefere um design mais arrojado, a Sony está fazendo seu trabalho da melhor forma possível. O Xperia L é um dos produtos mais bonitos que passaram por nossas mãos nos últimos meses.

Ele segue o estilo da fabricante com linhas retas bem definidas e com diferentes materiais compondo a carcaça. A linha prateada na borda dá um toque de charme e a tampa traseira com uma leve curvatura faz toda a diferença.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Os materiais escolhidos para criar o produto também merecem menção. A proteção da tela que evita problemas com riscos é realmente sólida, mas não impede a boa interação com o sistema. As bordas são feitas de um plástico resistente e passam a sensação de resistência. Por fim, a tampa que é de um material emborrachado garante conforto e uma boa “pegada”.

Hardware potente

As especificações do Sony Xperia L são muito boas e dão conta do recado para quem usa muitos apps no dia a dia. O aparelho aguenta rodar alguns games modernos e raramente dá sinais de fraqueza quando o usuário exige alternância rápida entre programas.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ficamos satisfeitos principalmente com a grande quantidade de memória RAM, que possibilita usar o produto sem ter que se preocupar em fechar apps de segundo plano. Conforme você pode ver acima, o aparelho mostrou resultados superiores a outros concorrentes, inclusive sendo mais forte do que o Razr D3 nos benchmarks.

Display com um colorido extra

Depois de usarmos o smartphone por algumas horas, ficamos convencidos de que a fabricante fez a lição de casa. Ao remover a tecnologia que dava reforço de brancos, a empresa criou um aparelho com um display com cores vibrantes e que reproduz os conteúdos de maneira fiel.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

O segredo da tela é o perfeito equilíbrio entre cores e brilho. O display não exagera no contraste e, também por isso, dificilmente apresenta saturações ou distorções. O resultado é nítido no uso de quaisquer aplicativos ou jogos, visto que você não sentirá problemas com a reprodução incorreta de algumas cores — algo que acontece no Xperia P.

Câmera, bateria e som para quem é exigente

Falando em boas qualidades, temos de dar destaque especial para a câmera. As imagens capturadas pelo sensor do Xperia L são muito nítidas e com um bom balanço de cores. O sensor consegue capturar imagens mais amplas, cobrindo áreas que normalmente não são vistas por lentes de outros smartphones.

Veja algumas comparações entre imagens capturadas com o Xperia L e o Samsung Galaxy Nexus:

Sony Xperia L Samsung Galaxy Nexus

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

O flash do Xperia L não é muito bom, mas ele deve dar uma boa ajuda em situações de emergência. Em nossos testes, ele serviu bem para iluminações de perto, mas decepcionou quando tentamos iluminar objetos que estavam a 1 ou 2 metros de distância.

A autonomia da bateria do aparelho é satisfatória, aguentando bem mais de 5 horas de reprodução de vídeo através de uma conexão WiFi e alguns apps executando em segundo plano. Em nossos testes, deixamos o NFC ligado e o brilho no máximo e o aparelho não pestanejou em manter energia disponível para todas as tarefas.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Além de todos esses detalhes, vale mencionar que o som do Xperia L é muito bom. Os alto-falantes conseguem reproduzir músicas com um nível de volume elevado e sem distorção. Como de praxe, os graves são afetados e pode haver alguma equalização para evitar ruídos. Todavia, cremos que o som deste aparelho possa agradar aos ouvidos mais exigentes.

Reprovado

A velha interface, os velhos entulhos

Após ligarmos o Xperia L, nos deparamos com o Android personalizado à moda da Sony. A presença da interface consolidada é uma ótima notícia para quem já usou produtos da marca e gosta do visual, mas isso vai do gosto de cada um. O problema, contudo, é que não notamos grande evolução na interface dos aparelhos testados no ano passado para a deste produto.

Além disso, o sistema da Sony veio recheado de apps que não são essenciais ou úteis. Isso não seria um problema se o usuário tivesse a opção de remover os extras, o que, evidentemente, não é possível. O resultado é que você fica preso a uma série de itens que talvez nunca use.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Apesar de se tratar de um aparelho lançado há pouco tempo, o Xperia L não vem com a versão mais recente do Android, tampouco com a anterior. O resultado é que temos um smartphone de 2013, com um Jelly Bean de 2012 — ele vem com a versão 4.1. Felizmente, esse problema pode ser resolvido ao longo do tempo se a fabricante resolver atualizar o produto.

A tela não é tão boa

Para baratear o custo do Xperia L, a fabricante investiu em uma tela razoável. Conforme já dissemos, ela exibe cores lindas e com um alto nível de brilho, mas somente isso não quer dizer muita coisa.

Infelizmente, o display do aparelho é de baixa resolução, o que é facilmente perceptível devido ao amplo tamanho da tela. É muito fácil enxergar os pixels. Além disso, algumas linhas da matriz do display são visíveis. Em games e vídeos, esses problemas não são tão perceptíveis, mas ao navegar na web fica claro que a tela não é tão boa.

Espaço suficiente para quase nada

Por fim, ficamos profundamente insatisfeitos com o armazenamento limitado do aparelho. São apenas 4 GB disponíveis para o usuário, mas, com tantos apps que vêm instalados, sobra pouco mais de 1 GB livre para você instalar seus próprios jogos. Isso não dá nem pra guardar Modern Combat 4 ou outro game desse naipe.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Claro, existe a opção de adicionar um cartão SD, mas é complicado para o consumidor investir uma grana alta no produto e ainda ter que gastar um adicional por conta de um sistema que é recheado de itens que não necessariamente são úteis. Talvez o simples aumento para 8 GB de espaço já resolveria bem o problema.

Vale a pena

O Xperia L não mostrou todo o poder que esperávamos e, talvez, boa parte das decepções que tivemos se deve ao Android desatualizado e recheado de entulhos da Sony. A incapacidade de rodar alguns games é frustrante, mas este celular oferece desempenho suficiente para muitos jogos tridimensionais.

Ele tem excelentes configurações e se saiu bem nos benchmarks, com resultados que são até impressionantes para o processador de dois núcleos. Os bons tempos de bateria, a tela com um colorido excepcional, o som de qualidade e a câmera que se mostra superior a algumas concorrentes são os destaques.

(Fonte da imagem: Tecmundo/Baixaki)

Com um preço próximo dos 800 reais, podemos concluir que este é um aparelho de boa qualidade com um preço aceitável. Ele atende perfeitamente a todas as necessidades do cotidiano.

Claro, vale considerar que o Motorola Razr D3 está aí e mostra desempenho muito parecido com um preço menor. Assim, você deve averiguar os mínimos detalhes e pensar o que vale mais a pena. De qualquer forma, o Xperia L é um bom aparelho e recomendamos a compra do produto.

Este produto foi cedido para análise pela Sony.

Cupons de desconto TecMundo: