(Fonte da imagem: Divulgação/Razer)

Conhecida pela fabricação de acessórios que prometem melhorar o desempenho de jogadores profissionais, a Razer se juntou à Electronic Arts e à BioWare para desenvolver uma linha de produtos baseados em Star Wars: The Old Republic. O resultado foram quatro acessórios que prometem oferecer uma experiência totalmente nova na hora de jogar o famoso MMORPG.

Neste artigo, você confere uma análise do mouse e do mousepad inspirados no game — ambos já disponíveis há certo tempo nas lojas brasileiras especializadas. Caso você esteja interessado no resto da linha de periféricos, basta ficar ligado no Tecmundo para conferir ainda esta semana nossa opinião sobre o headset e o teclado baseados em SWTOR.

Características técnicas

Star Wars: The Old Republic Gaming Mouse

  • 17 botões programáveis otimizados para MMOs;
  • Conexão com ou sem fio;
  • Emblema de facção destacável;
  • Dock de recarga;
  • Retroiluminação personalizável;
  • Sensor 3.5 G com precisão máxima de 5.600 dpi;
  • Bateria com duração de 12 horas (uso intenso) ou 72 horas (uso normal);
  • Peso de 142 gramas.

Star Wars: The Old Republic Gaming Mouse Mat

  • Dois lados utilizáveis, cada um correspondendo a uma facção do game;
  • Superfície dura que garante um melhor deslize para o mouse;
  • Fabricado em material resistente com acabamento não reflexivo que evita riscos;
  • Peso de 650 gramas.

Aprovado

Design atraente

Fãs da série Star Wars vão reconhecer imediatamente nos produtos da Razer algumas das linhas de design mais marcantes da série cinematográfica. Com acabamento em cinza, os dispositivos possuem linhas retas que lembram muito as espaçonaves e as estações espaciais vistas em toda a saga criada por George Lucas.

O mouse Star Wars e o Naga 2012 lado a lado (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O mouse, embora se trate de uma variação do Naga, possui um visual ligeiramente alterado que o torna mais atraente do que o produto convencional. Exemplo disso pode ser visto no reposicionamento dos botões laterais do dispositivo, que se tornam mais proeminentes e fáceis de acessar.

Um ponto que chama a atenção em ambos os dispositivos é a presença dos logotipos da República Galática e do Império Sith, algo que permite a você deixar claro qual seu lado preferido do combate. Enquanto no mouse isso é feito através de uma tampa removível, basta remover o mousepad de sua base metálica e girá-lo para mudar de lado.

Grande variedade de botões

A opção pelo Razer Naga como inspiração para o mouse baseado em The Old Republic combina bastante com a proposta do título. Como a maioria das ações de ataque no MMO são feitas através de teclas de atalho, a presença de 12 botões laterais no dispositivo garante uma maneira adicional de acioná-las durante as partidas.

(Fonte da imagem: Divulgação/Razer)

Com isso, você ganha mais agilidade na hora de realizar combinações ou de acionar recursos importantes. Enquanto com a mão direita você pode usar seus ataques básicos, a esquerda está pronta para usar poderes que nem sempre são utilizados por ocuparem atalhos localizados nas teclas “9” e “0” do teclado, por exemplo.

Embora demore certo tempo até que o usuário se acostume com o mouse, utilizá-lo logo se torna uma experiência bastante natural. Mesmo que você não se habitue a utilizar todos os botões oferecidos pelo dispositivo, bastam somente alguns deles para tornar sua experiência de jogo mais confortável e divertida.

Mouse com ou sem fio

Uma das vantagens do The Old Republic Mouse em relação ao Naga 2012 é a possibilidade de utilizá-lo com ou sem fio (de maneira semelhante ao que acontece com o Ouroboros). Isso é especialmente útil para quem tem diversos acessórios conectados ao computador, já que dispensa o trabalho de ter que lidar com um emaranhado de cabos para tornar confortável a movimentação do dispositivo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Para tornar a comunicação do computador com o dispositivo possível, o produto acompanha uma pequena base dentro de sua caixa. Ela serve tanto como um receptor de sinais quanto como uma forma de recarregar a bateria interna do dispositivo enquanto ele não está sendo utilizado.

Mousepad resistente

Apresentando uma superfície plana com um acabamento que torna mais fácil deslizar o mouse, o mousepad inspirado em SWTOR é uma ótima adição ao acessório. O peso relativamente grande do produto ajuda a passar a sensação de que estamos lidando com algo durável e resistente.

(Fonte da imagem: Divulgação/Razer)

Outro ponto positivo é o fato de que a superfície se encaixa de maneira bastante fixa na base metálica que acompanha o periférico. Assim, mesmo durante sessões intensas de jogatina, não acontece de o produto deslizar acidentalmente para fora de seu lugar.

Razer Synapse 2.0

Característica comum aos produtos Razer produzidos mais recentemente, o Synapse 2.0 é uma ferramenta que melhora muito a experiência oferecida pelo mouse. Através do software, é possível ajustar a sensibilidade do produto, alterar a cor de iluminação de seu LED interno e redefinir o papel de cada de seus botões.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Para tornar ainda mais cômoda sua jogatina, o programa permite a você criar perfis personalizados que são ativados automaticamente assim que o jogo selecionado é aberto. Além disso, há a possibilidade de investir na criação de diversos macros (comandos automatizados), o que permite a você poupar esforço e tempo na hora de realizar atividades repetitivas.

Talvez o ponto que se destaque no aplicativo é a sua integração com a nuvem. Basta fazer o login na conta que você registrou junto à Razer para que o programa baixe e aplique automaticamente todas as configurações feitas anteriormente — algo que se mostra de grande ajuda para quem costuma alternar constantemente entre diferentes máquinas.

Reprovado

Bateria com duração reduzida

Embora a Razer prometa que a bateria do SWTOR Gaming Mouse dure até 12 horas quando o produto é usado de maneira intensa, na prática não é bem isso o que acontece. Durante os testes realizados, o dispositivo exigia uma recarga após pouco mais de 6 horas de uso — menos da metade da duração divulgada pela empresa.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Assim, não se surpreenda se você se pegar conectando o cabo que acompanha o produto a ele e deixando de lado a base de recarga. Mesmo que a mobilidade do mouse se torne um pouco menor nessa situação, ela acaba compensando a necessidade de deixá-lo esperando na base de recarga enquanto você aguarda que a bateria chegue aos 100% novamente.

Preço assustador

Embora a versão original do Razer Naga já possua um preço bastante elevado (R$ 400, em média), o dispositivo inspirado em Star Wars pode ser encontrado pelo preço médio de R$ 639. Embora a possibilidade de dispensar fios para conectar o mouse à máquina seja uma adição interessante, ela sozinha não justifica a disparidade no valor cobrado pelo produto.

(Fonte da imagem: Divulgação/Razer)

Assim, a não ser que você possua uma renda alta e seja um fanático pela série criada por George Lucas, é difícil ver esse quesito como um atrativo. Embora o valor pago se traduza em um hardware de qualidade, ele não traz diferenças substanciais em relação a um mouse mais básico (e barato) para justificar tamanho investimento.

O mesmo pode ser dito do mousepad, que pode ser encontrado em diferentes lojas virtuais pelo preço médio de R$ 200. Com isso, quem decidir investir nos dois produtos terá que gastar o preço equivalente ao de uma placa de vídeo boa ou de um computador inteiro com hardware básico.

Vale a pena?

Oferecendo uma ótima combinação de hardware e software, os produtos Razer despertam a atenção de qualquer pessoa ligada no mundo dos games. Com os acessórios inspirados em Star Wars, a história não poderia ser diferente: não só os dispositivos se mostram bastante competentes em suas funções, como seu visual exclusivo deve agradar muito aos fãs da série.

(Fonte da imagem: Divulgação/Razer)

O grande problema (comum a outros periféricos da empresa) é o preço cobrado por toda essa qualidade. Investir mais de R$ 800 na combinação entre mouse e mousepad se mostra algo exagerado, pouco compatível com a capacidade de compra da maioria dos consumidores — situação que a compra separada dos gadgets não ajuda a remediar nem um pouco.

Assim, pode ser uma boa ideia investir em outras opções oferecidas pela fabricante caso a intenção seja comprar algo produzido por ela. O próprio Naga 2012, que já foi avaliado por nossa equipe, oferece opções semelhantes por um preço mais acessível, mesmo não se tratando exatamente de um produto barato.

Cupons de desconto TecMundo: