A modalidade dos esportes eletrônicos tem crescido muito mundo afora. O que antes se resumia a alguns poucos eventos locais agora conta com campeonatos mundiais de video games, com direito até a uma liga dedicada aos esportistas gamers, a MLG.

Fabricantes de acessórios e periféricos querem aproveitar a nova onda para lucrar com a venda de produtos de alto desempenho destinados especialmente para o novo público. A Thermaltake é uma delas e, para mostrar que também entende de periféricos profissionais, revelou recentemente a sua nova linha TT eSPORTS.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

O Tecmundo/Baixaki teve acesso a dois deles: o mouse eSPORTS Saphira e o mouse pad White-Ra Special Tactics. Continue acompanhando esta análise e descubra o que achamos deles.

TT eSPORTS Saphira

Aprovado

Apresentação e embalagem

Assim como outras empresas, a Thermaltake também conta com o apoio de um jogador renomado para ajudar com o marketing. O escolhido para assinar embaixo do mouse Saphira é o ucraniano Aleksey Krupnyk, mais conhecido como “White-Ra” no circuito mundial de StarCraft 2.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Por isso, a assinatura e fotos do gamer estão por toda a embalagem. Além do próprio periférico e do manual, uma série de adesivos com o logo da série eSPORTS também está inclusa na caixa, bem como uma prática bolsa com zíper para proteger seu mouse durante as viagens. As especificações do TT eSPORTS Saphira são as seguintes:

  • Sensibilidade: entre 100 e 3.500 DPIs (totalmente ajustável);
  • Botões extras: 2 na lateral esquerda;
  • Botões de configuração: 4 ( DPI, Perfil, Pooling Rate  e Func.Lock), todos na parte de baixo;
  • Logo e botão do scroll iluminados;
  • Memória de 32 KB para armazenamento de macros;
  • Dimensões: 12,4 cm de comprimento; 6,7 cm de largura e 4,1 cm de altura;
  • Peso: ajustável, com 5 peças de 4,5 gramas cada;
  • Preço: cerca de US$ 60 nos EUA, ainda indisponível no Brasil.

Um detalhe interessante é que uma abraçadeira de velcro está presa ao cabo, permitindo que você amarre o 1,8 metro de fio sem problemas. O design geral do mouse não desaponta, com uma textura de borracha que aumenta a aderência às mãos, além de os botões principais serem bem grandes.

Ainda assim, não pudemos experimentá-lo por tempo suficiente para saber se essa borracha fica com aquele aspecto de desgaste com o uso. Em vez de ficar sempre ligado, o logo brilhante no mouse tem uma função de esmaecimento, fazendo a luz ficar mais fraca enquanto você não estiver no meio de uma jogatina.

Botões de configuração ficam escondidos

Uma característica que geralmente incomoda nos mouses gamers é o fato de haver botões demais na parte de cima. A Thermaltake resolveu esse problema de um jeito interessante no Saphira: todos os botões que não são úteis durante o jogo ficam na parte de baixo do aparelho.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Dessa forma, você não precisa se preocupar em esbarrar acidentalmente no botão que muda os DPIs durante uma partida importante ou em trocar o perfil das teclas macro sem querer e ver a sua mira ficar super-rápida de uma hora para outra.

Muitas opções de configurações

As opções para personalizar as funções podem ser consideradas suficientes até para os mais exigentes.  Além do botão que muda entre os perfis de precisão, que vai de 100 até 3.500 DPIs, o Saphira ainda conta com um botão que alterna entre os diferentes esquemas de configuração. Também existe uma chave “Lock”, que desativa os botões da lateral caso você não os esteja utilizando.

Uma das características mais importantes em periféricos deste nível é a interface de configuração que a fabricante disponibiliza. No caso do Saphira, é necessário que você entre no site da Thermaltake para fazer o download do aplicativo, já que um CD de instalação não faz parte do pacote.

O aplicativo é designado especialmente para este modelo, permitindo que você mude as configurações clicando diretamente na figura do mouse na tela. É possível salvar macros, combinações de teclas que podem executar uma série de funções com um clique.

Destaque para a configuração de sensibilidade, que permite que você indique a quantidade de DPIs para cada um dos quatro níveis que podem ser usados. Também é possível ligar ou desligar as luzes do mouse, além de existir a opção de salvar todas as configurações ao longo de cinco perfis diferentes.

Reprovado

Poucos botões adicionais

Um dos fatores que mais pesam na hora de escolher um mouse gamer é a quantidade e disposição de botões. Nesse quesito, o Saphira não agrada muito, já que só conta com dois botões laterais, além dos três botões de clique padrões.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Vale lembrar que o mouse tem o design mais voltado para jogos de RTS e Shooters, que não têm tantas funções específicas, como acontece em RPGs. Mesmo assim, seria melhor sobrar botões nos jogos mais simples do que faltar botões durante as jogatinas mais complexas. Além disso, a falta de botões na lateral direita torna o mouse inadequado para canhotos.

Vale a pena?

O TT eSPORT Saphire pode ser considerado mais um concorrente de peso entre os mouses gamers, principalmente por oferecer muitos recursos por um preço relativamente baixo. A característica que mais agrada é a grande possibilidade de configurações que podem ser feitas no aplicativo, indo desde o controle das luzes até a calibragem precisa dos DPIs.

A disposição dos botões, que esconde as funções secundárias na parte de baixo do aparelho, também merece destaque. Já nos contras, o que mais incomoda é a falta de botões extras, mesmo que as duas teclas laterais sejam o suficiente para boa parte dos games. Ainda assim, a média de US$ 60 com que o mouse é vendido no exterior o torna um ótimo custo-benefício.

Mousepad White-Ra Special Tactics

Aprovado

Textura e tamanho

Quase sempre, esses dois quesitos são os primeiros a ser avaliados por quem procura um bom mouse pad e, felizmente, ambos estão bem apresentados no White-Ra. As dimensões são enormes (36-x-30 cm), permitindo que você manobre com o seu mouse sem precisar ficar levantando o periférico da mesa.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

A textura de tecido e borracha também agrada, fazendo com que o mouse deslize sem problemas, além de ser confortável para as mãos. A estampa tem cores neutras, limitando-se a exibir o desenho do falcão que é a marca registrada do campeão White-Ra, bem como a assinatura dele.

Apesar de ser grande, o material do mouse pad é bem maleável, permitindo que você dobre ou enrole para que ele se ajuste melhor à sua mesa. Vale lembrar que o mouse pad está disponível nas cores preta e branca.

Acessórios

Além do próprio “tapete”, um prático estojo de nylon também está incluso no pacote, permitindo que você leve o seu mouse pad para qualquer torneio que for.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Vale destacar que esta bolsa conta até com uma presilha em forma de arnês, bem útil para prender o acessório do lado de fora da sua mochila.

Reprovado

Acabamento nas arestas

Apesar do seu imenso tamanho e boa textura, o White-Ra Special Tactics decepciona por não contar com nenhum acabamento nas bordas. Isso faz com que você acabe roçando seu braço nas rebarbas da borracha, o que pode acabar incomodando um pouco.

Vale a pena?

O White-Ra Special Tactics faz bonito em todos os principais quesitos, tendo as dimensões na medida certa, boa textura e ótima maleabilidade. Mesmo assim, não está claro se o preço de R$ 80 com que ele é comercializado no Brasil vale a pena, já que existem produtos similares sendo vendidos por um valor menor.

Cupons de desconto TecMundo: