A Amazon tem vendido Kindles no Brasil há alguns anos, e muita gente já tem esses aparelhos em mãos e lê livros digitais. A empresa ainda oferece apps para ler conteúdo no PC, no tablet e no smartphone. Ou seja, existe um grande público esperando para consumir literatura de qualidade. Sendo assim, que tal você mesmo publicar alguma coisa na loja da Amazon?

Que tal você mesmo publicar alguma coisa na loja da Amazon?

Existe uma plataforma de autopublicação chamada “Kindle Direct Publishing” ou Amazon KDP, que permite aos próprios autores comercializarem seus livros para os donos de Kindle e outros aparelhos. Vale destacar que a empresa não cobra nada para manter seu livro no ar nem para anunciá-lo em categorias de “mais vendidos” ou “recomendados”.

Em suma, você não paga nada para ter seu livro comercializado na loja, diferente do que requerem algumas editoras menores. Outra vantagem é a comissão. Se você prometer exclusividade para a Amazon no meio digital, é possível ficar com 70% do valor de cada cópia vendida. Nesse modelo, você permanece dono dos direitos autorais, mas não pode publicar o ebook em outra plataforma. Se desejar comercializar o mesmo livro em papel, não há problemas.

Depois de publicado, a Amazon oferece suporte para gerenciar suas vendas e saber exatamente quanto está ganhando. É possível também definir preço em reais para o Brasil ou em qualquer outra moeda para outros países.

Seja um autor independente

O TecMundo esteve em um evento promovido pela Amazon e pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná em Curitiba e nós conversamos com a responsável pelo KDP no Brasil, Luciana Syuffi. Ela esclareceu vários pontos e garantiu que, com empenho na divulgação do livro por parte do autor, é possível conseguir bons resultados. “De cada 10 livros digitais vendidos na Amazon brasileira, três são de autores independentes”, disse Syuffi.

De cada 10 livros digitais vendidos na Amazon brasileira, três são de autores independentes

Nesse mesmo evento, alguns autores independentes de sucesso também estiveram presentes e nós conversamos com Paola Scott, criadora da série “Provocante”, publicada independentemente e com sucesso na loja online da Amazon.

“Se não existisse o KDP, é bem provável que eu não tivesse publicado meus livros. Isso porque a gente sabe das dificuldades do meio físico. Eu entendo também as editoras, porque elas recebem manuscritos que nem água para serem analisados e isso se torna até inviável avaliarem tudo. É difícil para eles também acreditarem em um autor desconhecido. Eu não era conhecida, não tinha nome nenhum, e, até uma editora chegar a ler meu primeiro manuscrito, teriam se passado anos”, disse Scott ao TecMundo.

Se não existisse o KDP, é bem provável que eu não tivesse publicado meus livros

Diferente das editoras comuns, publicar no KDP é praticamente instantâneo. A Amazon se compromete a colocar os livros no ar para compra em até 48 horas depois do envio, e toda a edição e revisão tem que ser feita pelo autor ou por pessoas contratadas à parte. Além do sistema da Amazon, a livraria Saraiva também tem uma plataforma de autopublicação. Você pode conferir mais detalhes sobre ele aqui

Paola Scott, autora da série "Provocante"

Uma editora procurou Paola para fazer a publicação em papel

Scott criou seu primeiro livro inicialmente para compartilhar apenas com seu grupo de leitura. As amigas gostaram bastante e a incentivaram a publicar no KDP. Depois que os primeiros dois volumes da série foram publicados na Amazon, uma editora procurou Paola para fazer a publicação em papel.

Ela aceitou o acordo e tirou o primeiro trabalho do KDP. Entretanto, ela pretende fazer a divulgação inicial das continuações em ebook e, só depois, em livro impresso. A série “Provocante” tem expectativa para cinco volumes, e Scott já trabalha no penúltimo.

Preciso fazer ISBN ou depósito na Biblioteca Nacional?

Não. Colocar o número do ISBN é opcional na autopublicação pelo Amazon KDP, e, caso você não queira, também não é preciso ter o registro na Biblioteca Nacional para se proteger contra plágio. Só o fato de seu livro já estar publicado no meio digital garante os seus direitos autorais, pois ele se torna um documento legalmente reconhecido, assim como emails e publicações na web.

Entretanto, é muito interessante você ter o depósito legal ou o ISBN de fato. Confira como fazer isso aqui e aqui

Como publicar

Para começar a publicar no KDP, você primeiro precisa ter um login na plataforma. Contudo, se você já tem uma conta da Amazon, é possível utilizar o mesmo email e senha para entrar. Tendo ou não uma conta pronta, clique aqui para fazer login. É possível criar sua conta do zero ou entrar com sua Conta Amazon e completar seu cadastro com as informações necessárias.

Passo 1

Você terá que preencher todas as informações do formulário, incluindo conta bancária e endereço, bem como responder a um questionário sobre imposto de renda nos EUA. Isso é obrigatório, mas não deve render descontos, a menos que você venda cópias do seu livro na Amazon.com em vez da Amazon.com.br

Passo 2

Com todo o processo concluído, clique em “Salvar”, no fundo da tela. Para continuar, vá em “Biblioteca”, no topo da página.

Passo 3

Leia o “Checklist” de itens necessários para publicar um livro. Note que é possível usar o criador de capas da própria Amazon na sua publicação em vez de pagar um capista para fazer isso. Claro que as opções ficam limitadas no que tange ao design, mas, ainda assim, é mais econômico.

Passo 4

Se você já tem tudo o que o checklist sugere, clique em “Criar novo livro”. Se você já tiver começado a fazer uma publicação e a largou no meio caminho, haverá um rascunho que pode ser editado.

Passo 5

Assim que você abre a página de postagem do novo livro, a Amazon vai sugerir que você participe do KDP Select. É necessário participar desse programa opcional para receber os royalties de 70% sobre cada venda. Há uma série de outras vantagens interessantes, como inclusão do livro no Kindle Unlimited (pagamento por página lida para o autor) e a possibilidade de criar promoções.

Passo 6

Agora, você vai preencher as informações do seu livro, como título, subtítulo, número da edição e vários outros detalhes. É preciso fazer isso com muita atenção para não publicar seu material com algum tipo de erro. Luciana Syuffi, gerente do KDP no Brasil, nos contou inclusive que é muito importante pensar em um subtítulo que possa descrever o que é realmente sua obra. Isso é interessante quando o seu título real é mais subjetivo.

É necessário também se dedicar à descrição do livro, que é um campo obrigatório nessa fase da publicação. São 4 mil caracteres no máximo. Se a sua obra tiver uma introdução ou algo do tipo, é possível utilizar esse segmento.

Note que é preciso prestar muita atenção na forma como você categoriza sua produção. “Se você não colocar no pote certo, as pessoas vão encontrar feijão em vez de sorvete”.

Passo 7

Ainda no formulário de postagem, você chegará ao tópico 5: “Crie ou faça o upload da capa do seu livro”. É interessante destacar nesse momento que, caso você já tenha uma imagem para sua capa, é possível simplesmente clicar em “Procurar por imagem” e fazer o envio do arquivo pelo seu computador.

Caso contrário, clique em “Iniciar Criador de capas” para criar sua própria capa na ferramenta da Amazon. A tela inicial desse criador vai mostrar um pequeno tutorial de como proceder. Não é nada muito complicado, mas confira os passos básicos a seguir.

A primeira coisa a fazer é escolher uma imagem de fundo para sua capa. Se você tem uma foto que deseja utilizar, clique em “Do meu computador”. Caso não tenha, use a “Galeria de Imagens” da Amazon ou “Pule esta etapa”.

Em seguida, será necessário escolher um design. Feito isso, experimente todas as opções de esquemas de cor, de layout e de fonte. É possível pré-visualizar sua capa no tamanho real, no tamanho das listas da loja do Kindle e também em preto e branco. Quando você confirmar o envio da capa, será levado para a página da publicação novamente.

Passo 8

Agora, é a parte mais importante. Clique em “Procurar” para abrir o navegador de arquivos do seu computador. Escolha o arquivo mais recente e melhor formatado para enviar. Saiba mais sobre formatação para o Kindle aqui.

É possível enviar o documento em DOC, DOCX, PDF e outros formatos de texto mais comuns. Aconselhamos escolher a forma mais confortável para você, a que não precise passar por muitos processos de conversão previamente.

Quando o processo de envio for concluído, você poderá clicar em “Pré-visualizar livro” para ter uma ideia de como ficou a formatação final, aquela que as pessoas verão ao ler no Kindle ou em outros aparelhos.  Se você encontrar incongruências na formatação, abra seu arquivo original, repare o que for necessário e encaminhe a nova versão mais uma vez. Se tudo estiver ok, clique em “Voltar aos detalhes do livro”, bem no canto superior esquerdo da página.

Passo 9

Quando tiver salvo os detalhes da página anterior, você terá mais opções para especificar, incluindo regiões dos direitos autorais e outros. O mais importante, entretanto, é o preço. Uma boa dica para escolher o valor é dar uma olhada nos concorrentes da mesma categoria e identificar um preço médio. Claro que você pode ajustar seu livro acima ou abaixo do mercado, dependendo da sua intenção com essa publicação.

É obrigatório definir um preço em dólares para vender seu livro na Amazon.com, mas é muito importante definir um valor para a Amazon.com.br também, para evitar números quebrados devido às flutuações cambiais.

Passo 10

Depois disso, basta clicar em “Salvar e publicar” para mandar seu livro para a loja. A Amazon fará uma análise e, em até 48 horas, seu título estará disponível para compra. Enquanto isso, seu status ficará marcado como “Em revisão” na sua biblioteca. Durante essa espera, não é possível fazer modificações na obra.

Quando ela estiver publicada definitivamente, você terá um link para o produto. É interessante que você faça uma boa campanha de marketing com seus amigos, colegas e pessoas que talvez estejam interessadas em ler seu texto. Use e abuse das redes sociais na divulgação, uma vez que a Amazon não dá suporte nesse ponto. Tudo o que a loja faz é recomendar seu livro para pessoas que estão lendo coisas similares.

***

Todo este tutorial foi feito a partir da minha experiência ao publicar uma obra de minha autoria no KDP. Ele se chama Trajetória de Rua e está disponível neste link. Trata-se de um livro-reportagem que conta a história de três pessoas que conseguiram sair da condição de moradores de rua e passaram a ajudar outros companheiros de jornada.

Cupons de desconto TecMundo: