Exemplo mostra como encriptação da Adobe pode ser facilmente codificada (Fonte da imagem: Reprodução/Naked Security)

Se você achava que a Adobe estava com problemas devido ao ataque hacker que ela sofreu recentemente, prepare-se para ver a situação se tornar realmente complicada.

Isso porque, diferente do que havia sido dito anteriormente por Brian Krebs, os dados roubados não se resumiam a apenas 38 milhões de pessoas. Sites como o Naked Security afirmam que todos os 150 milhões de cadastros vazados seriam, na verdade, cadastros verdadeiros – estes, para piorar, estariam sendo espalhados por sites criminosos.

Como se a situação não fosse ruim o suficiente, o Naked Security também afirma que a maneira como os dados foram encriptados pela empresa é bastante questionável. O método seria bastante fácil de decodificar; logo, tudo indica que as informações roubadas não poderiam estar menos seguras.

Agora, aqui fica a pergunta: qual dos lados está certo? Enquanto não temos uma reposta definitiva, não se esqueça de checar se seu cadastro está na lista dos dados vazados usando a dica que fornecemos no dia de ontem (07).

Cupons de desconto TecMundo: