A magia da câmera lenta em 7 vídeos

Confira uma seleção de clipes com detalhes que não são normalmente vistos pelo olho humano.
  • Visualizações21.203 visualizações
Por Ráisa Guerra em 16 de Abril de 2012

Entre todas as novas capacidades proporcionadas aos humanos pela tecnologia, a percepção e a captura de movimentos em slow motion (câmera lenta) estão na lista das mais deslumbrantes — e às vezes chocantes — possibilidades. Hoje, com a criação das chamadas supercâmeras, é possível gravar coisas que supostamente não deveríamos ver.

É o caso da Phantom v1610, que consegue registrar, em até um milhão de frames por segundo (fps), detalhes surpreendentes de ações que passam despercebidas na nossa rotina, como quando um líquido cai em alguma superfície, por exemplo.

Mas os cientistas querem ir ainda mais longe e, para isso, já desenvolveram uma câmera capaz de capturar um trilhão de quadros por segundo. Para se ter uma ideia, segundo os desenvolvedores, este aparelho teria a potência de gravar um simples raio de luz atravessando uma garrafa de um litro.

O Tecmundo já havia listado 10 vídeos impressionantes gravados em câmera lenta. Mas, para lhe ajudar a mergulhar intensamente no universo do slow motion, fizemos uma nova seleção com ações ainda mais supreendentes capturadas pelas supercâmeras. Confira:

O experimento Phantom 

Animais correndo e pulando na água, o movimento do fogo no ar, como a terra é levantada por um carro de corrida derrapando, uma serra elétrica cortando um tronco... Esses e vários outros momentos com detalhes incríveis foram registrados por Tom Guilmettejá conhecido por suas produções em slow motion — e agrupados no vídeo abaixo.

Socos em câmera lenta

Mesmo publicado há três anos, o vídeo — que foi divulgado em vários canais — continua fazendo sucesso, especialmente por ser surpreendente e divertido: ele mostra a potência do soco no rosto humano. Feito por Cody Kern com uma câmera Phantom, o filme mostra homens e mulheres sendo atingidos por um boxeador a mil frames por segundo.

A orquestra de alto-falantes

Alto-falantes e tinta: uma combinação que, aos nossos olhos, pode parecer apenas uma boa arte de criança. Mas, em câmera lenta, essa junção resulta em imagens impressionantes, com várias cores, ritmos e formas. O vídeo foi produzido pela DTS para uma campanha publicitária.

Um tubarão-branco faminto

Se a reputação do tubarão-branco já não era das melhores depois do longa-metragem “Jaws”, de Steven Spielberg, esse vídeo vai piorá-la de vez. Filmado pela BBC, o clipe mostra como esse animal ataca suas presas e se movimenta em câmera lenta — algo que pode fazer você pensar duas vezes antes de ir para o mar aberto.

Dancing Pigeons – Ritalin

Dirigido por Tomas Mankovsky, o vídeo mostra dois homens se enfrentando em câmera lenta: um com um lança-chamas e outro com um extintor. Uma pequena produção em alta qualidade, com personagens, ação e imagens divertidas e impressionantes de uma batalha épica. 

Supercâmera do Discovery

No programa “A Supercâmera do Discovery Channel”, são apresentadas diversas situações gravadas em slow motion. O vídeo abaixo é uma compilação de algumas das várias imagens já mostradas no programa. 

Entre os detalhes surpreendentes, está o ato de estourar uma bolha de sabão que, se aos nossos olhos parece sumir de uma só vez, na câmera lenta mostra ser um processo progressivo, aparecendo o contorno da bolha regredindo e se transformando em água.

Bala atravessando objetos 

A propaganda da Choice FM, que possui o lema “Stop the bullets. Kill the gun.” (Pare as balas. Mate a arma.) contra a violência nas ruas, mostra em câmera lenta — e de forma chocante — o estrago que um simples projétil pode fazer em alguns objetos, como uma garrafa de ketchup ou uma melancia. 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!