Engenheiros do MIT desenvolveram uma câmera que é capaz de capturar um trilhão de quadros por segundo. De acordo com os desenvolvedores, esse é o último grau em câmera lenta, sendo possível gravar um raio de luz atravessando uma garrafa de 1 litro.

As partículas de luz – fótons – entram na câmera através de uma fenda e passam por um campo elétrico que os reflete em uma direção perpendicular à fenda. Como o campo está mudando muito rapidamente, ele desvia mais os fótons que chegam por último do que os primeiros.

Cupons de desconto TecMundo: