Todos temos que concordar: discursos políticos são chatos e pouco convincentes. E isso não tem muita relação com a atual situação econômica do Brasil, que dá ainda mais descrédito para o falatório dos homens públicos do nosso país. Contudo, graças à inteligência artificial, esse quadro está prestes a mudar.

Pesquisadores da Universidade de Massachusetts, Amherst, criaram uma máquina capaz de formular discursos políticos convincentes depois de treiná-la por algum tempo. Foram necessários 4 mil falatórios de 53 membros do congresso norte-americano para que a inteligência artificial conseguisse criar um texto coeso e com sentenças lógicas.

Como funciona?

O software da máquina teve que lidar com um total de 50 mil frases, com uma média de 23 palavras cada. Além disso, cada uma das sentenças também possuía uma tag para categorizá-la e um indicativo para saber se o orador concordava ou não com o que estava sendo dito. Depois de algum tempo em testes e com alguma ajudinha dos pesquisadores, a inteligência artificial é capaz de formular um discurso completo capaz de convencer muitos ouvintes.

Provavelmente ainda vai demorar para que uma máquina seja capaz de substituir um político na hora de discursar na televisão. Porém, considerando que a inteligência artificial tem dado passos largos, pode ser que no futuro realmente vejamos robôs fazendo promessas para a população.

Você tem medo da inteligência artificial? Comente no Fórum do TecMundo!