A DJI é uma das maiores desenvolvedoras de drones e quadricópteros do mundo e eles estão com um desafio bem legal em parceria com a Ford e a ONU: a empresa vai premiar com 100 mil dólares a equipe que construir a melhor aplicação para o lançamento de um veículo voador da empresa a partir de um carro em movimento como parte de uma missão de busca e resgate.

Já existem diversos tipos de drones com missões específicas para resgates, mas nenhum deles é capaz de saltar de um veículo que está se movendo – por isso o desafio é especial. Em uma situação de perigo, como uma enchente, um incêndio ou terremoto, as equipes de resgate podem lançar e pousar drones permanecendo na rota.

Vai e volta 

O desafio exige que o drone seja lançado e pousado da caçamba de uma camionete Ford F-150 e os desenvolvedores podem usar o SYNC AppLink da empresa ou a plataforma OpenXC para que a camionete e o drone consigam se comunicar um com o outro.

A Ford afirmou que, embora o desafio seja focado em drones para resgate, o uso dos equipamentos em veículos em movimento pode ajudar também em outras áreas, como nos setores de silvicultura, agricultura, construção, entre outros.

Processo de desenvolvimento

O concurso está aberto a estudantes e desenvolvedores de todo o mundo. Segundo um comunicado de imprensa da DJI, as 15 equipes que forem selecionadas para a segunda fase receberão um drone Matrice 100, o SDK de plataforma aérea da DJI, e uma câmera Zenmuse X3 para ser usada em conjunto.

Dez equipes passarão para a rodada final, quando poderão executar uma simulação de busca e salvamento, decolando e pousando a partir do Ford F-150 em movimento, além de coletar e transmitir dados. Quer tentar? Então acesse este site (em inglês) e boa sorte!

Você acredita que drones podem salvar vidas? Comente no Fórum do TecMundo