O casal que mantinha o canal DaddyOFive no YouTube fazia sucesso com os vídeos "pranked", ou seja, pegadinhas. Acontece que Mike e Heather Martin, em vez de realizar essas pegadinhas entre si, utilizavam os cinco filhos menores de idade nos vídeos — e, muitas vezes, esses vídeos terminavam com as crianças aos prantos, como relata a BBC. Por causa disso, ambos perderam a guarda de dois dos cinco filhos.

O casal ganhava entre US$ 200 mil e US$ 350 mil por ano 

Em um dos vídeos, por exemplo, o casal Martin contava ao filho caçula de 9 anos que ele seria adotado por outra família. A reação da criança, então, era exibida no YouTube. O casal norte-americano negou que o canal era abusivo, e ainda comentou que a maioria das pegadinhas era falsa e encenada.

Os vídeos no YouTube já foram apagados e o casal postou um pedido de desculpas público. DaddyOFive possui mais de 760 mil inscritos e, de acordo com a BBC, ganhava entre US$ 200 mil e US$ 350 mil por ano (R$ 1,1 milhão) com publicidade.

Agora, as duas crianças estão com Rose Hall, mãe biológica, que recuperou a guarda. "Emma (de 12 anos) e Cody estão comigo, tenho a guarda emergencial. Eles estão bem. Eles estão voltando a brincar", disse Rose em vídeo. "Fiquei com o coração partido e perturbada ao ver meus filhos serem abusados".

Cupons de desconto TecMundo: